Lendo agora
Viver em resiliência

Viver em resiliência

Avatar

Por Augusto Salazar*

resiliência

Somos seres espirituais conectados ao Todo, vivemos experiências de crescimento, tentando nos reinventar enquanto humanos e trazendo à vida física nossa Presença Divina.

Somos capazes de perceber a natureza da ilusão em que vivemos e assim aumentar nossa experiência pessoal e servir de exemplo à humanidade.

Não somos vítimas de nenhuma circunstância, co-criamos e somos responsáveis. Não pode haver dependência, temos que aprender a nos Amar antes de Amar o próximo.

A única verdade é interna, íntegra, sem falsos dizeres contraditórios aos fazeres. O beneficio do Um deve ser condizente com o Todo, há uma ordem e ela instintivamente deve ser preservada.

Confiar em si, e nos outros, com a certeza de que não há erros, somente escolhas. Vive-se em sintonia com o Fluxo Divino e no estar em constante evolução.

Não se lida com a culpa, ou a vergonha. Respeita o livre arbítrio de cada ser, sem julgamentos, sem lamentações. A vida não é um drama, não há conflitos. Só há o direito de cada um ser o que é.

Diferente da maioria, faça suas escolhas através de intuições elevadas. Sem reações emocionais descontroladas, exercita o Fluxo Divino.

Por conhecer o verdadeiro Amor, é incapaz de Amar qualquer parte da criação de forma diferente. O Amor vem de dentro e independe de circunstâncias externas. Não há como magoar qualquer ser, ao menos que seja uma escolha de aprendizado viver essa mágoa.

Tem consciência que a morte não existe, essa separação faz parte da ilusão desse plano, somos conectados ao Todo. Somos Um. A saudade só existe ao Homem, para que um dia ela deixe de existir, mais uma lição que nos propomos a aprender.
Estar em outra frequência, distante da dualidade, sem carma. Sem influências emocionais, transformando energias inferiores em afeto.

Não se pode julgar os acontecimentos que o consciente coletivo gera, esse é um dos maiores poderes que o homem carrega dentro de si, o mundo é mental. Transmute-o.

Todos somos capazes de transformar o mundo em um lugar melhor, a resiliência é um degrau a ser alcançado, com disciplina, essa lição pode ser aprendida. Com compaixão, como um co-criador, um agente ativo de mudanças.
Ser resiliente é ser um catalisador que irradia frequências elevadas como o Amor, a Luz e a Alegria… simplesmente estando nessa forma humana.

Augusto Salazar

*Augusto Salazar é Arquiteto, fotógrafo e escritor. Desenvolve textos baseados em autoconhecimento, estudos de doutrinas secretas, mestres antigos, física quântica, alquimia e espiritualidade.

Vá para cima