Lendo agora
Uma peça de roupa que realiza sonhos? Sim, o nome dela é Libélula.

Uma peça de roupa que realiza sonhos? Sim, o nome dela é Libélula.

Nowmastê

O trabalho de Cecília Echenique surpreende por sua delicadeza e criatividade. Os vestidos de noiva feitos por ela transformam as mulheres em fadas contemporâneas e toda peça produzida pela estilista tem um toque artístico que privilegia elementos étnicos e formas orgânicas.

Mas se a ideia de Cecília é trazer uma beleza essencial e pura para a moda, o mesmo acontece no projeto social que desenvolveu com o intuito de gerar oportunidades para mulheres de baixa renda espalhadas por todo o Brasil. O nome da iniciativa é Projeto Libélula e a ideia é desenvolver  itens de vestuário inovadores, belo e sustentáveis (as Libélulas) que desde a concepção até a comercialização se preocupam com a natureza e, especialmente, com as pessoas que fazem parte dessa cadeia produtiva do bem.

projeto-libelula_10p
Cecilia Echenique vestindo a Libélula.

Cecília mobiliza as marcas brasileiras informando como elas podem reciclar seus tecidos residuais, extremamente prejudiciais ao meio ambiente, ao invés de jogá-los no lixo. É a partir desses retalhos que as artesãs criam um grande panô de retalhos que é cortado na modelagem das Libélulas. São quatro modelos de cortes versáteis (canoa, nadador, kimono e o que deu origem a série) que, de acordo com o jeito de amarrar, criam um estilo diferente. O  conceito do produto é patenteado e absolutamente único, afinal nenhuma peça é igual à outra.

logo
Para contribuir, é só se vestir

Segundo Cecília, libélulas são insetos que dependem de cursos d’água limpos e em bom estado de conservação para viver e se alimentar. Enquanto isso, as “libélulas da moda” decolam de paraísos de belezas cênicas, naturais e culturais, ou de comunidade ameaçadas pelo crescimento descontrolado das cidades. Seja no coração do Vale do Ribeira, entre as florestas e águas de um dos mais importantes remanescentes de Floresta Atlântica, na Amazônia, ou mesmo na periferia de São Paulo, há sempre uma mulher talentosa que busca uma forma de se expressar e fazer valer o seu trabalho. Tudo feito de acordo com as noções de cidadania e organização comunitária que só vêm somar às cooperativas de mulheres costureiras espalhadas pelo Brasil  que integram Conservação da Biodiversidade & Desenvolvimento Sustentável nessas regiões.

libelula
Estilistas e personalidades aderiram ao projeto

Ao comprar um Libélula, além de adquirir um produto único e de qualidade, as pessoas contribuem com a genuína missão de harmonizar gente, meio-ambiente, conservação e desenvolvimento.

etiqueta2
As peças acompanham um tag assinado por cada artesã com a sua cidade e país, para mostrar que se trata de um projeto brasileiro, que tem potencial para exportação, uma vez que o mercado internacional busca muito este tipo de produtos.

As peças estão disponíveis no Atelier de Cecília Echenique, Rua Domingos Leme, 189, Vila Nova Conceição e, a partir de agosto de 2014, no Espaço Una, em Pinheiros (informações – [email protected]).

Para parcerias institucionais ou outras formas de contribuição para o projeto, entrar em contato por email – [email protected]

Vá para cima