Lendo agora
Texto extraído de passagens de escritores e sábios – Por Jana Favato

Texto extraído de passagens de escritores e sábios – Por Jana Favato

Avatar

Jana-Favato

Hoje nossa amiga e colaboradora Jana Favato faz 40 anos e com muitos motivos para comemorar a vida, a existência e a fartura de pessoas que tem ao redor, ela nos presenteia com passagens dos escritores e sábios: Gandhi, Professor Hermógenes, Amit Goswani, Sri Swami Satchidananda, Clarissa Medeiros, Yoga Sutra.

1. É tempo de sermos gratos.

2. É tempo de voltar pra casa, resgatar nosso ser verdadeiro, nosso poder pessoal e antigos valores como respeito, bondade e responsabilidade.

3. É tempo de dissolver tudo que e rígido, imposto por crenças e pela sociedade, de ser mais leve, livre e solto.

4. É tempo de descobrir o potencial de transformação que reside em cada um de nós e de valorizar nossa capacidade de gerar um movimento global de mudanças para melhor.

5. É tempo de fazer algo significativo que reforce nossa razão de viver, que resgate nosso lado mais forte e de manifestá-lo na vida cotidiana.

6. É tempo de usar nossas forças com responsabilidade e nos tornar pessoas mais benéficas para todos à nossa volta.

7. É tempo de fortalecer nossa autoconfiança e alterar o movimento condicionado de sair da cama por dinheiro, para pagar contas e comprar mais…

8. É tempo de perder o medo “de perder” e encontrar nossa verdade.

9. É tempo de praticar a aceitação e estar em paz com qualquer ação que façamos.

10. É tempo de substituir o prazer pelo querer como força motivadora dos nossos atos, de entender que não somos um fragmento isolado.

11. É tempo de tornar o presente o ponto focal, aumentando a capacidade de gostar do que estamos fazendo e com isso aumentar também nossa qualidade de vida.

12. É tempo de, por meio da ação criativa, ser fonte de inspiração para um grande número de pessoas e enriquecer a vida delas e a nossa.

13. É tempo de ter entusiasmo: En e theos – em Deus, enthousiazein = estar possuído por um Deus.

14. É tempo de descobrir que não precisamos fazer tudo sozinhos, que na verdade não existe nada importante que possamos fazer sozinhos.

15. É tempo de tornar nossos objetivos dinâmicos, voltados para uma atividade em que você estejamos envolvidos e por ela ligados aos outros seres humanos, assim como ao todo.

16. É tempo de cultivar compaixão e outras qualidades humanas positivas e criar o alicerce para uma estrutura ética desapegada de qualquer filosofia ou religião.

17. É tempo de ser, assim o ter virá naturalmente.

18. É tempo de saudar as pessoas não as vendo diferente de nós mesmos, apesar das diferenças.

19. É tempo de dar pequenos passos positivos que se somam e podem eventualmente tornar-se hábitos.

20. É tempo de criar novas tecnologias de convivência, uma cultura que celebre nossa interdependência, a capacidade de ajuda mútua, respeito e aceitação.

21. É tempo de desmantelar a estrutura de pressupostos que se cristalizaram e enrijeceram a nossa percepção de realidade, é tempo de não ser “normal”.

22. É tempo de acessar nossa reserva de energia edificante, solidária, fraterna e corporificá-la no dia-a-dia.

23. É tempo de usar nossa força criativa e não estar condenado a repetir e a responder automaticamente às circunstâncias da vida.

24. É tempo de contribuir para a transformação da atual visão de mundo, puramente materialista, para uma percepção baseada no primado da consciência.

25. É tempo de reconhecer a consciência e o valor da nossa vida interna, o valor da transformação, para mudarmos a violência na sociedade.

26. É tempo de silenciar a mente e encontrar o deus que existe dentro de nós mesmos.

27. É tempo de perdoar aos outros e a si mesmo…

28. É tempo de entender que somos parte do todo e o todo está em nós, o universo é compartilhado em algum nível, que não somos separados das pessoas, da natureza, do mundo.

29. É tempo de entender que nossos atos trazem implicações para nós mesmos.

30. É tempo de adotar a Não-violência em relação a si próprio, aos outros e ao mundo.

31. É tempo de adotar a Veracidade, sermos verdadeiros nos pensamentos, sentimentos e ações.

32. É tempo de adotar o princípio de Não-roubar, desenraizar crenças subconscientes ligadas à falta e carência que causam cobiça e a necessidade constante de acumular coisas.

33. É tempo de ter mais Moderação dos Sentidos, entender que a busca pelo prazer incessante nas coisas que estão fora de nós nos afasta de nossa essência, entender que devemos ser, sem depender de algo externo.

34. É tempo de adotar a Não-possessividade, libertar-nos do hábito de identificarmos com as coisas que nos rodeiam.

35. É tempo de ter mais Pureza, tanto externamente como internamente, o que comemos, o que vemos, o que ouvimos e o que pensamos.

36. É tempo de ter Contentamento, não apoiar nossa felicidade na realização de expectativas, contentar-nos com o que já temos.

37. É tempo de ter Determinação, esforço para se alcançar um objetivo.

38. É tempo de Auto-reflexão, interiorização, auto-conhecimento e busca por aquilo que realmente somos, em que possamos cultivar clareza e alinhar com o que realmente importa para nós.

39. É tempo de Entrega, fazer o melhor que pudermos, sabendo que o resultado não está em nossas mãos.

40. É tempo de ser a Mudança que queremos ver no mundo.

“Que todos se abram para um novo mundo, aquele que todos desejamos em algum nível.”

Com amor,
Jana

Vá para cima