Terapia floral: o resgate do equilíbrio emocional através das flores

Por Valquiria Rita Geraldini*

Ilustração é de Anna Cunha; foto, Valquiria.

O primeiro sistema de florais que surgiu foi os Florais de Bach criado pelo médico inglês Edward Bach na década de 30. As essências florais não são remédios. No seu preparo, não é utilizada a parte química da planta mas somente a energia nela contida. Dessa forma, têm uma natureza vibracional altamente diluída sob o ponto de vista físico, mas amplamente potencializada quando se trata de energia sutil existente, incorporando o padrão energético de cada flor.

Cada uma das essências florais atua curando determinado quadro que se encontra em desarmonia, podendo ser utilizada por bebês, crianças, adolescentes, adultos e idosos.

O Dr. Edward Bach preparava os florais a partir de dois métodos: Método Solar e Método de Fervura (Boiling). Até hoje, os florais são preparados desta forma.

O Método Solar consiste em colocarmos algumas flores em uma cuba com água pura e cristalina e deixar em exposição ao sol por algumas horas. Esta água ficará impregnada com as propriedades curativas das flores.

No Método de Fervura as flores são colhidas e fervidas em água em vez de ficarem expostas ao sol. Esta água também ficará impregnada com as propriedades curativas das flores.

Posteriormente prepara-se a Tintura-mãe misturando 50% desta água impregnada com o poder curativo da flor a 50% de brandy ou conhaque que é utilizado como conservante.

Uma parte da Tintura-mãe será acrescentada a 240 partes de brandy (1:240%), Dando origem ao Floral de Stock que é importado ao mundo inteiro.

O Floral de Stock é distribuído para as farmácias de homeopatia e manipulação.

As farmácias prepararão então os vidros de tratamento. Nestes serão utilizados água mineral sem gás, conhaque como conservante (de uva ou maçã) e gotas de florais a serem utilizados (2 gotas de cada floral ou 4 gotas se for o Rescue Remedy). A quantia do conservante poderá variar de 5% a 30% ou até mesmo não ser utilizado porém neste caso a validade da fórmula será reduzida. Caso o paciente é uma criança, se necessita abster-se do álcool, faz uso de muitos medicamentos alopáticos principalmente anticonvulsionantes (antiepilépticos) e antidepressivos, sofre de severos males gástricos ou hepáticos, é conveniente que este conservante seja substituído por glicerina, por exemplo.

Os 38 Florais de Bach e seus respectivos métodos de preparo:

Agrimony – método solar

Aspen – método de fervura

Beech – método de fervura

Centaury – método solar

Cerato – método solar

Cherry Plum – método de fervura

Chestnut Bud – método de fervura

Chicory – método solar

Clematis – método solar

Crab apple – método de fervura

Elm – método de fervura

Gentian – método solar

Gorse – método solar

Heather – método solar

Holly – método de fervura

Honeysuckle – método de fervura

Hornbeam – método de fervura

Impatiens – método solar

Larch – método de fervura

Mimulus – método solar

Mustard – método de fervura

Oak – método solar

Olive – método solar

Pine – método de fervura

Red Chestnut – método de fervura

Rock Rose – método solar

Rock Water – método solar

Scleranthus – método solar

Star of Bethlehem – método de fervura

Sweet Chestnut – método de fervura

Vervain – método solar

Vine – método solar

Walnut – método de fervura

Water Violet – método solar

White Chestnut – método solar

Wild Oat – método solar

Wild Rose – método de fervura

Willow – método de fervura

A utilização dos florais dentro de um contexto terapêutico tem como objetivo promover um estado de harmonia e equilíbrio emocional, o que vai proporcionar ao indivíduo a capacidade de celebrar a vida vivendo-a em sua plenitude.

O papel de um terapeuta floral é semelhante ao de um educador ou facilitador, uma vez que o terapeuta educará o paciente no uso dos Florais, incentivando-o a participar do seu próprio processo de cura percorrendo um caminho de autoconhecimento, permitindo que o bem-estar, o equilíbrio e a saúde possam ser resgatados.

Normalmente as pessoas chegam ao meu consultório questionando-me sobre a duração de um tratamento com florais. O tempo é muito variável, pois vai depender da pessoa que está sendo tratada, bem como do que ela está tratando. Isso significa que quem vai determinar o tempo do tratamento é o próprio paciente.

A posologia padrão é de quatro gotas quatro vezes ao dia. Em geral, as pessoas tomam sua fórmula floral por trinta dias e retornam ao consultório para que sejam verificadas as necessidades de realizarmos alterações ou até mesmo substituições em sua fórmula.

*Valquiria Rita Geraldini é uma eterna otimista que acredita no lado bom das pessoas. Terapeuta Floral, Escritora, Instrutora em Visualização Criativa, Practitioner em Florais de Bach. Participou também do Programa de Formação em Terapia Floral pela Flower Essence Society (FES – Califórnia). Atende crianças, adolescentes e adultos. Realiza consultas online.

Contato: [email protected]

Site: https://terapiaeflorais.wordpress.com/

Deixe uma resposta

Por uma vida mais consciente

Você quer receber as novidades e promoções do Nowmastê no seu e-mail?