Sobre a vida e os fechamentos

Por Anna Carolina Menta*

                                    Photo credit: Jazzyblue TR via Visualhunt / CC BY-NC-ND

A vida é cíclica, portas se abrem e se fecham, pessoas chegam e vão. Nem sempre estamos preparados para aceitar o “até logo” que geralmente é um “adeus”, mas precisamos entender, compreender, que algumas pessoas se afastam. É apenas um ciclo que se encerrou para que outro possa começar.

Alguns afastamentos podem causar mágoas, ressentimentos, ou simplesmente aquela dúvida quanto ao motivo que levou ao afastamento. Onde foi que eu errei? O que eu fiz que não deveria ter feito? O que eu não fiz, mas deveria ter feito?

Muitas vezes a resposta não existe, pois é apenas o Universo indicando que você precisa abrir espaço para o novo. Novas pessoas, novas sinapses, novas experiências. Dói, dá vontade de chorar, mas precisamos acreditar que o novo vai chegar. Porque sempre foi assim e sempre será.

Você provalmente deixou muitas pessoas no passado, seja pela falta de tempo ou pela distância. Alguns vão continuar fazendo parte da sua vida, apesar da falta de tempo ou da distância, enquanto outros farão parte do seu passado apenas, apesar da proximidade. Talvez nunca saibamos o motivo ou nunca tenhamos a certeza do que gerou o afastamento, mas ele aconteceu e devemos permitir que a vida siga seu fluxo. Sem ressentimentos. Sem mágoas.

Podemos ficar com um gosto amargo na boca por algum tempo, mas depois o sentimento passa, precisa passar, e conhecemos novas pessoas, que trarão novas emoções e alegrias, que passarão a fazer parte da sua vida.

Amigos de verdade ficam para sempre, não importa a distância. Amigos de verdade não vão se afastar se você ficar rico ou pobre, saudável ou doente. Os amigos de verdade ficarão ao seu lado, não importa em que momento da sua vida você esteja. Os amigos de verdade nunca se vão.

Os colegas, esses vem e vão. Algumas pessoas fazem parte da nossa vida por tempo suficiente para trazerem alguma experiência pela qual precisávamos passar, depois se vão, porque elas já não terão nada mais a contribuir para o nosso crescimento, seja ele pessoal, profissional ou emocional.

Quem permanece ao seu lado é porque contribui para o seu crescimento, e você para o crescimento do outro, de forma que ambos se atraem tal qual os ímãs.

Deixe a vida seguir seu fluxo. Deixe ir o que já não faz parte da sua realidade, tudo aquilo que não contribui mais para o seu crescimento. Abra espaço para o novo florescer, para que novas sinapses se consolidem. Permita que o ciclo da vida se mantenha sem amarras que te prendam ao passado, seja esse passado as situações vividas ou pessoas que fizeram parte dele.

Se permita um fechamento para todas as situações da vida. Porque fechamentos indicam novas aberturas e novos tempos. Significa vida.

Escritora e professora, formada em engenharia agrícola, pedagogia e letras. Nunca exerceu a engenharia, mas não se arrepende dos conhecimentos adquiridos. Acredita que nossas experiências fazem parte do nosso aprendizado no Universo e as lições, uma vez aprendidas, não precisam ser repetidas. Se repetem, talvez não tenhamos aprendido direito. Atualmente é Coach de ensino de inglês, e ávida leitora.

Meu site (para aulas de inglês): http://learnandfun.com.br/

Deixe uma resposta

Por uma vida mais consciente

Você quer receber as novidades e promoções do Nowmastê no seu e-mail?