Sobre amar o passado e seus sons

Por Christiane Afondopulos*

Algumas pessoas são profundamente tocadas pelos sons, pelos sons do passado que ressurgem sem aviso e ativam os sentidos mais saudosos.

Retornam então lembranças e imagens de como tudo era, de como tudo poderia voltar a ser. E um mundo de fantasia se cria e inspira.

Inspira um momento composto por infinitos detalhes, pessoas, lugares…tudo movido pelo lindo som.

E eles são muitos, a música preferida, o barulho da natureza que mais atrai, a banda da cidade pequena, o latido do cão amigo, o sino da velha igreja, os passos das pessoas amadas.

Uma garotinha tinha seus dias tristes transformados em felicidade quando ouvia seu pai ao piano. E assim é até hoje, muitos anos depois, ao som da música mais maravilhosa que lhe toca a alma e lhe arranca lágrimas dos olhos…um amor que não se explica, simplesmente se sente.

Isso quer dizer que os dias mais pesados podem ser salvos pelos sons do passado…deixe que cheguem com toda força e tomem conta dos nossos corações.

Para quem ama e não quer esquecê-los jamais, que nos acompanhem por toda a vida e nos façam felizes!

*Christiane Afondopulos é psicóloga e advogada e adora escrever como um exercício para a alma. No seu blog (Chrizoca) publica seus artigos e também colabora com a página virtual da Obvious.

Deixe uma resposta

Por uma vida mais consciente

Você quer receber as novidades e promoções do Nowmastê no seu e-mail?