Schumacher College – Uma escola sustentável

Por Regina Hostin*

Viagem de estudos

De Londres até Totnes, no sudoeste da Inglaterra, são mais ou menos 3 horas e meia de viagem de trem. Mas você nem sente o tempo passar. A paisagem é linda. Aos poucos o mar e o verde vão formando um novo cenário e você entra em contato com uma outra Inglaterra. A estação de Totnes é um charme. Pequenininha. E os taxistas, simpatíssimos. Já ali você começa a se sentir em casa. São vários os motivos que atraem os visitantes a este pedaço do universo, talvez ainda pouco conhecido. É possível estudar inglês em Totnes, sem estar cercado por muitos brasileiros, e também aprender mais sobre Cidades em Transição (Totnes é a primeira cidade em transição do mundo). O movimento foi criado pelo inglês Rob Hopkins com o objetivo de transformar as cidades em modelos sustentáveis, menos dependentes do petróleo, mais integradas à natureza e mais resistentes a crises externas, tanto econômicas como ecológicas.

portico

Schumacher College

Mas um dos motivos que mais atraem pessoas a estas terras é o Schumacher College. A instituição foi fundada por Satish Kumar, indiano e ex-monge. O nome da escola é uma homenagem ao economista alemão E.F.(Ernst Friedrich) Schumacher, autor do livro “Small is Beautiful” – traduzido no Brasil como “O Negócio é Ser Pequeno” – uma das bíblias do desenvolvimento sustentável.
Com foco na aprendizagem interativa, experiencial e participativa, a escola prepara os alunos  para enfrentar os desafios ecológicos, econômicos e sociais do século 21 por meio do ensino prático e teórico.  Sob o teto de uma construção do século XII, pessoas de todo o mundo, de todas as idades e origens, e das mais variadas profissões, já foram inspiradas, questionadas e desafiadas nos 20 anos de cursos de transformação para uma vida sustentável. A escola oferece Especialização e Mestrado em Ciências Holísticas, Economia para Transição, Horticultura Sustentável e recentemente a pós em  Design Ecológico. Também possui cursos curtos e vocacionais.

 escola

Aprendizagem contínua

E neste ambiente, aprender é algo constante, desde a chegada. O saber vem dos professores, dos voluntários, dos funcionários e dos outros participantes, seja em sala, nos jardins, corredores, biblioteca, na horta e na cozinha.  Esqueça o aprender tradicional entre quatro paredes de uma sala. No colégio há uma rica fusão de conhecimentos de forma diferenciada. Outro ponto não convencional é que voluntários e alunos moram no local e todos (inclusive funcionários) assumem responsabilidades pelo funcionamento do espaço. Portanto, na sua chegada, você pode encontrar um dos diretores varrendo e um aluno cozinhando, ou vice-versa. Doar parte do tempo entre atividades na horta, jardim, cozinha e limpeza são simples tarefas que reforçam ou lhe concedem pela primeira vez, o conhecimento de que um pouco ajuda muito e a todos. Cooperar é a palavra-chave. Num ritmo conectado, aos poucos quem passa pelo Schumacher vai entendendo de forma diferente o ciclo da vida e a vida que existe em tudo. Plantar e colher, no sentido mais profundo, mostra a beleza deste estilo de vida, e que muitas pessoas esqueceram pela pressa e a pressão do cotidiano. É uma (re) conexão com as  origens, com as coisas simples da vida, já esmagada pelo modo de viver…há tempos.

Caminhada Inspiradora e transformadora

Centenas de pessoas de todo o mundo que já passaram pelo Schumacher, tiveram a oportunidade de vivenciar uma caminhada diferente, liderada pelo professor Stephan Harding. A prática reforçae exemplifica o que a teoria já mostrou. Os alunos caminham com os conhecimentos teóricos frescos em mente. É uma forte integração de corpo, mente, espírito e Terra. São 4,6 quilometros percorridos, que representam, metaforicamente, 4.600 milhões de anos: a idade da Terra. Nesta escala, cada metro representa um milhão de ano. Cada passo é de cerca de meio milhão de ano. Durante a jornada, o professor faz paradas estratégicas para compartilhar marcos da história da Terra, como a criação da Lua, o surgimento da vida, a revolução industrial, o início da mudançaclimática e outras. Com direito a chá, chocolate, frutas secas e muito mais. Uma aula viva, única, que começa no alto e termina pertinho do mar.

 

Para as férias:

  • Brasileiros que desejarem estudar no Schumacher, podem conseguir bons descontos. Visite o site da escola e acesso a área de bolsa de estudos.

 

Totnes:

Totnes fica aproximadamente 35 quilometros ao sul da cidade de Exeter. Sua população não chega a oito mil habitantes.
É um próspero centro de música, arte, teatro e saúde natural. O centro da cidade é um charme. Quem gosta de cursos de yoga, alimentação macrobiótica, castelos, passeios de canoa, trilhas e bares vai se encantar.

 

Para saber mais sobre a região, visite:

http://www.totnesinformation.co.uk/

http://www.transitiontowntotnes.org

 

SchumacherCollege

www.schumachercollege.org.uk

The Old Postern • Dartington • Totnes • Devon TQ9 6EA – UK

Tel: +44 (0)1803 865934

Informações: [email protected]

 

Regina Hostin é jornalista e tem seu próprio blog:

http://ogostodavidareal.com/

(47) 8823-7945

Deixe uma resposta

Por uma vida mais consciente

Você quer receber as novidades e promoções do Nowmastê no seu e-mail?