Lendo agora
Sai Baba – Mestre do amor

Sai Baba – Mestre do amor

Nowmastê
https://www.youtube.com/embed/D58pigO5Dig

Caravanas e mais caravanas de pessoas em busca de um contato. Milhares de peregrinos de passagem pela pequena  vila no sul da Índia para conhecer  Sai Baba e ouvir seus ensinamentos. Foi assim que  Puttaparthi, cidade que abriga o ashram Prasanthi Nilayam, que significa “Morada da Paz Suprema” passou a ser alvo de um movimento crescente e incessante que transformou a região.

Hoje, Puttaparthi não se parece mais com a vila paupérrima do passado, onde um jovem indiano,  também muito pobre, mas absolutamente entregue ao chamado espiritual, se deu conta de sua missão. Aos 14 anos ele já se auto-denominou Sai Baba e deu início ao seu trabalho junto à comunidade.

collage
Fotos raras de Sai Baba quando jovem

Atualmente, a cidade conta com estação de trem e até aeroporto, além da Universidade Sathya Sai, enquanto Prasanthi Nilayam tem Planetário e Estúdio Digital, um Estádio de Esportes, diversas residências, acomodações para os visitantes, refeitórios (ocidental e indiano), bem como o Templo principal, conhecido como Mandir, para a celebração de festividades, sendo também espaço para meditações e outras práticas espirituais.

University_Sathya_Sai_Puttaparthi
Universidade Sathya Sai

Mas tanto a evolução da cidade, como as curiosidades que envolvem o ashram onde vivia Sai Baba, falecido em 2011, não são os aspectos mais importantes. Esse não é um ponto turístico, e sim um local onde um grupo de pessoas está voltado para um objetivo comum, que é a obtenção da Paz Interior através de íntima comunhão com o sagrado, com o Divino.  A meta é  colocar em prática as orientações de Sai Baba, tais como: silêncio, meditação, serviço altruísta, canto de nomes sagrados, autoquestionamento e amor incondicional.

Sai-Baba
Sai Baba

Vale dizer que a sua visão sobre as religiões era uma verdadeira ilustração desse conceitos:

“Deixem que existam diferentes religiões, deixem que floresçam, deixem que a glória Divina seja louvada em todos os idiomas do mundo. Respeitem as diferenças entre religiões e reconheçam-nas como válidas, sempre que estas diferenças não tratem de extinguir a chama da irmandade do homem e a paternidade de Deus.”, Sai Baba

O símbolo de Sai Baba e de seus preceitos fundamentais.
O símbolo de Sai Baba e de seus preceitos fundamentais.

Inclusive, durante sua vida no Ashram, Sai Baba comemorava as festividades do Natal, do dia de Krishna, do dia de Buda e até do dia das mães (em muitos textos ele dizia que era a mãe dos fiéis). Esse importante líder espiritual pregava que o ser humano verdadeiramente educado é amoroso.  Propunha que  era necessário trabalhar na raiz do problema para resolvê-lo: cultivando o coração dos seres humanos, desde pequenos, quando ainda estão em sua pureza original, ministrando a sabedoria da Unidade de toda a Vida. Isso gera a multiplicação do amor. Sem dúvida um bom ponto de reflexão que serve para toda a sociedade ocidental e a forma que ela educa suas crianças.

INDIA-RELIGION-HINDUISM

Para encerrar, e dar mais elementos para quem se interessar, mais um ensinamento de Sai Baba: “Eu sou Deus. Você é Deus também. Não há necessidade de se extenuarem buscando Deus. Ele está aí, como manteiga no leite, como a criança no óvulo; está em cada átomo da criação. Ele não provém de um lugar nem vai a outro. Ele é encontrado aqui, lá, em todas as partes. Desde o átomo ao cosmo, do microcosmo ao macrocosmo. Ele é tudo.”

Veja o comentário

Deixe uma resposta

Vá para cima