Lendo agora
Reagir, jamais!

Reagir, jamais!

Avatar

Por Daniela Vianello*

Photo by Rémi Walle on Unsplash

Essa é uma ótica muito interessante: “Estamos viciados em um tipo de comportamento reativo, que nos faz correr atrás do rabo e não sair do lugar”…

… e, aí, a gente reclama que as coisas não mudam, que estamos sempre voltando no mesmo ponto, repetindo as experiências, tendo as mesmas discussões, os mesmos conflitos, os mesmos dilemas, as mesmas dores. Isso acontece por que escolhemos re-agir, em vez de criar, de responder criativamente. Operamos no modo automático, não no modo inédito.

Por exemplo, numa conversa ou discussão com alguém – na hora em que a pessoa dispara aquela frase que não esperávamos, que nos desafia – nossa tendência é de? Re-agir: agir a partir de uma ideia antiga, um padrão repetitivo que, além de não funcionar, nos segura na mesma situação de sempre: estamos presos na nossa própria armadilha.

Por outro lado, se nessa hora resolvemos respirar, silenciar – em vez de reagir sem pensar – e criar espaço para manifestar uma nova frequência de energia para dar uma resposta construtiva para aquela experiência, saímos do círculo vicioso e mudamos o rumo da nossa história em relação àquela rotina. Além de deixarmos a vida mais dinâmica e divertida.

Isso vale para todas as experiências pelas quais passamos durante o dia, seja em casa, no trabalho, ou socialmente. Evitar uma re-ação e trocá-la por uma atitude criativa, transforma e abre portas para todas as outras infinitas possibilidades de resultado que estão disponíveis no Universo.

Para finalizar, uma frase simples e direta do escritor americano, Zig Ziglar:

“Responder é positivo, reagir é negativo.”

*Daniela é buscadora. Coach de Saúde Integrativa pela IIN/NY, pratica Yoga, estudou Metafísica e Física Quântica, Alimentação Consciente, Mandalas, Leitura de Cartas e é Reikiana. Adora escrever e explorar o universo do comportamento humano. No Instagram: @danigvianello

 

Seus textos estão compilados no livro "De Dentro Para Fora", digital ou impresso, à venda na Amazon aqui

 

Veja comentários

Deixe uma resposta

Vá para cima