Lendo agora
Práticas contemplativas – além da meditação

Práticas contemplativas – além da meditação

Denis Karenkin

Embora, ao longo dos anos, as práticas de yoga e meditação tenham servido a mim e a meus alunos como ferramenta de cura e conexão com o eu interior, percebo que nem todos se identificam como yogi / yogini. Cada um de nós tem sua maneira única de se conectar com o significado sutil da vida. Neste post, gostaria de dar uma breve visão de uma variedade de práticas contemplativas que existem para que você possa ver onde está neste “mapa espiritual”. Mas, mesmo que a sua prática pessoal não seja mencionada neste post, isso não significa que ela seja menos válida, desde que faça sentido para SUA vida.

O que são práticas contemplativas?

As práticas contemplativas cultivam o foco e a compreensão utilizando experiências diretas, ideias ou até situações complexas como objeto de atenção. Se incorporadas à vida cotidiana, elas agem como um lembrete para nos conectarmos com o que consideramos mais significativo em nossas vidas.

As práticas contemplativas desenvolvem a capacidade de concentração profunda e aquietam a mente em meio às distrações que preenchem a vida cotidiana. Este estado de calma serve como ajuda para a exploração de significado, propósito e valores.

As práticas contemplativas também ajudam a desenvolver maior empatia e habilidade comunicativa, a melhorar o foco e a atenção, a reduzir o estresse e a aumentar a criatividade e a desenvolver uma visão amorosa e compassiva da vida.

São muitas estas práticas e, apensas para ilustrar alguns dos muitos tipos, veja a imagem da Árvore das Práticas Contemplativas abaixo. São diversas formas e tradições em todo o mundo, que incluem várias formas de meditação, pensamento focado, tempo na natureza, escrita, artes e movimentos contemplativos.

Algumas pessoas acham que as práticas físicas ativas, como yoga ou tai chi, funcionam melhor para elas. Outras se indentificam com práticas de silêncio como a meditação e a atenção plena. Há também quem prefira os rituais enraizados em uma tradição religiosa, cultural ou na música. E nem todas as práticas são feitas na solidão, Muitas envolvem um grupo pequeno ou até todas uma comunidade.

Descubra a prática contemplativa que seja mais adequada ao seu estilo de vida e características individuais e ela irá enriquecer sua vida em todos os aspectos.

*Este post é baseado nas informações disponíveis no site do Center for Contemplative Mind in Society. Para obter mais informações, visite www.contemplativemind.org

Vá para cima