Lendo agora
Pintando um mural – Por Carol Lefevre

Pintando um mural – Por Carol Lefevre

Nowmastê

img_3119

Pintei um mural!

Uma das coisas da minha viagem de volta é ir trabalhando pelo caminho.

Através do site workaway encontrei esse de fazer uma residência artística. O trabalho em troca da hospedagem e das refeições. Jorge, o dono do hotel, gostou dos meus desenhos e combinamos que eu faria um mural na parede de um dos quartos.

E assim lá fui eu para Mazunte, na costa de Oaxaca , estado no sul do México.

Só tem um detalhe, eu nunca tinha feito um mural antes. Confesso que quando eu cheguei, pensei: por que eu fui inventar essa história de mural? Como que eu vou fazer isso?

Compramos tinta acrílica de parede, que era o que tinha na cidade mais próxima. Fiz um teste no papelão, mas não fiquei muito satisfeita.

Como resolver, trazer a mente de principiante e ver como fazer.

Acabei me lembrando que a minha amiga e artista, Soraya Lucato, fazia pinturas de parede com lápis de cor. Eu tinha comigo uns lápis e crayons aquarteláveis. Decidi tentar…

Nasceu uma borboleta colorida junto com uma alegria de saber que era possível. O Jorge gostou e eu segui em frente. Fui compondo a parede e as cores . E junto com as formas, o aprendizado de encontrar um desafio e ver como resolver. De sentir medo (e se não der certo?), e deixar estar e deixar passar.

Esses dias li um texto do navegador Beto Padiani falando sobre a tempestade para quem navega. Do desafio onde a natureza encontra o limite do navegador e testa a sua habilidade. E quando finalmente passa a tempestade e o navegante chega, olha o mar e sabe pelo que passou e que ele teve que superar para estar ali. As cores foram o meu barco e a parede o meu mar.

borboleta

Receba um pedaço do caminho!

Você pode encomendar um cartão-postal, feito por mim, com desenho ou aquarela, no qual eu compartilharei o que estiver vivenciando e aprendendo.

Você pode fazer um depósito na minha conta ou pagar com cartão de crédito através do pagseguro

Clique aqui e saiba mais.

carol
Carol Enguetsu Lefèvre esteve por alguns meses entre 2014 e 2015 em San Francisco Zen Center e depois partiu para o México, dessa vez para a Oaxaca. E vem vindo na direção do Brasil, mas sem data de regresso e aberta para as oportunidades que surgirem pelo caminho.

Veja comentários

Deixe uma resposta

Vá para cima