Lendo agora
Oração e Meditação

Oração e Meditação

Nowmastê

Por Paramahamsa Hariharananda*

O que é oração?

Oração é a comunicação verbal com Deus. Com palavras, hinos ou canções você estabelece um relacionamento com Deus, e isto é oração. É a expressão do coração de uma pessoa para com Deus. Oração é o caminho natural e fácil de comunicação com Deus. Não precisa de local ou momento. Precisa apenas da sua expressão de amor. É uma abordagem devocional de amor puro dedicado a Deus. A oração é uma parte integral da vida espiritual.

Swamiji, por favor fale sobre a oração.

A oração é a forma de oferecimento e conexão de uma pessoa a Deus, o Criador. Deus nos trouxe ao mundo e orar é um modo de agradece-lo com o oferecimento de amor e gratidão. “Oh Deus, Você tem dado tanto para mim.” Pode também ser usada para que você se conecte a Deus e busque por mais força, paz e amor, e viva neste mundo de maneira melhor. A oração pode ser um simples mantra ou algumas palavras que você possa conectar-se a Deus e expressar o seu amor a Ele. Deve ser oferecida do fundo do coração; não é apenas entoar palavras ou cantar uma canção. É preciso orar com o coração e com a alma. Pode também ser praticada oferecendo cada trabalho a Deus, lembrando Dele através do trabalho. É por isto que a Bíblia nos diz para orarmos continuamente. Na prática da Kriya Yoga nós ensinamos como orar a Deus em cada respiração, então a oração pode ser contínua e um esforço fácil. A oração deve ser muito natural, e deve abrir o coração e a mente. Pode ser feita a qualquer momento – quando acordamos, antes de dormir, antes e depois de comer, antes de trabalhar, e assim por diante, e pode ser praticada em momentos especiais, de forma que sintamos amor e conexão com Deus.

Como ensinamos as crianças a orar?

As crianças são muito simples e amorosas. Elas acreditam em seus pais e dependem deles para que as suas necessidades sejam atendidas. Os pais podem ensinar seus filhos a orar de forma simples. Por exemplo, se os pais oram todos os dias, as crianças podem aprender com eles. Os pais podem sentar com os filhos e contar histórias sobre Deus e com palavras simples começar a orar a Deus. Eles podem ajudar seus filhos a desenvolver a atitude de que nada deve ser comido antes de ser oferecido a Deus, então as refeições devem começar com uma oração. Não devemos dormir sem antes orar a Deus, porque estamos dormindo na Sua presença. Deus toma conta de nós. Quando os pais desenvolvem esta crença e falam sobre a presença de Deus ensinando seus filhos com palavras simples a orar, eles aprenderão facilmente. As crianças aprenderão o que seus pais estão praticando. Se os pais não estão praticando e apenas ensinam seus filhos a formalidade da oração, o efeito não será forte ou duradouro. Se a criança vê que seus pais também estão orando, ela desenvolve uma atitude forte na sua mente e no seu coração de que deve também orar.

Como a oração ajuda o desenvolvimento da criança?

Assim como a minúscula trepadeira cresce com a ajuda de uma cerca, poste ou planta, a criança aprende a andar com a ajuda dos pais. A criança pode crescer melhor se aprender como depender de Deus. Uma lição simples é ensinar à criança antes de comer e dizer, “Meu bebê, de onde conseguimos esta flor? De onde conseguimos esta fruta? Olhe para o céu, veja como ele é belo. Quem criou este céu? Quem criou as estrelas e a lua?” Através deste tipo de conversa, é possível ajudar a criança a desenvolver uma conexão com Deus. Quando a criança está orando, seu coração está limpo, sua mente está pura, e a oração está fluindo naturalmente do coração. Quando a criança ora a Deus, ela aprende mais facilmente a oração, porque um coração e uma mente puros podem ter mais experiências espirituais. A criança pode cantar. Pode pensar em Deus. Pode ir à escola e orar. É tão triste que nos tempos modernos não se ensine sequer uma oração simples, porque pensamos que aprenderão a orar quando crescerem. Em muitas escolas os professores não ensinam orações às crianças devido à crença de que a educação deve ser secular. Portanto, é essencial que os pais cuidem do crescimento espiritual dos seus filhos. Devemos cuidar não apenas do crescimento físico da criança, mas também do seu crescimento emocional. Através da oração, a criança desenvolve-se emocionalmente com equilíbrio da mente. Quando a criança aceita a existência de um poder sobrenatural como Deus, ela possui mais confiança e menos medo, e compreende que Deus é a fonte da força. Deus é a fonte do verdadeiro amor, então por que devo temer? A criança deve desenvolver confiança em si mesma e confiar em Deus, isto será bom para o verdadeiro desenvolvimento da criança.

É egoísmo orar por algo diferente da realização divina?

Você como filho de Deus possui todo o direito de pedir. O filho possui o direito de pedir ao seu pai e à sua mãe que lhe dê comida, roupas, abrigo, amor e conhecimento. As pessoas oram porque sofrem com problemas. Aquele que sofre de uma doença está orando por ajuda ou saúde. Você pode dizer que aquele que está sofrendo e orando a Deus não deveria fazer isto? Em momentos de dificuldade as pessoas oram e fortalecem a sua crença e a sua fé. O nível da oração muda a medida que os pedidos mudam em cada estágio da vida. A criança ora e pede por brinquedos, o aluno ora por sucesso nas provas, o marido ora pela esposa, e os pais oram pelo sucesso dos filhos. Aquele que ama a Deus diz tudo a Ele, inclusive seus desejos e problemas. A oração é a expressão de amor por Deus.   

medita2

O que é meditação?

Meditação é a arte silenciosa de dirigir-se para a fonte da vida e unir-se a Deus. Em meditação você percebe um estado de extrema calma, a sua mente está livre de todos os pensamentos, e você é um com o Divino. Isto é meditação.

Por favor explique a meditação com mais detalhes.

A meditação é uma arte especial de oração. Na oração nós oramos a Deus com palavras, sentimentos e amor. Em meditação, nos conectamos a Deus silenciosamente. A oração é praticada frequentemente em grupos ou em massa, mas a meditação pode ser praticada em silêncio quando se está sozinho. Ao fechar os olhos, é possível meditar. Meditar é manter a mente em sintonia com Deus. Nas escrituras foi dito, dhyana samlina manasah. A meditação é o estado em que a mente cresce naturalmente em silêncio e mergulha no estado de super-consciência. Os iniciantes em meditação devem saber onde sentar, como sentar, onde se concentrar, como manter a mente livre de inquietação, e qual deve ser o objetivo da concentração. É possível aprender como meditar através da prática da concentração. A meditação é comparada ao sono. Quando dormimos, estamos mais relaxados, a mente está descansando. Da mesma forma, a meditação é uma técnica prática onde o corpo e a mente estão mais relaxados – e a mente pode aprender a ser mais pacífica. A meditação é uma técnica científica para viver uma vida pacífica. Já que precisamos viver num mundo tão inquieto e extrovertido, a meditação é uma ferramenta útil para manter a mente mais focada.

A meditação pode ser praticada por todos?

Meditar é como comer. Você pergunta se comida é necessária para todos? Meditação é necessária para todos. Todos podem praticar meditação, não importa se são cristãos, muçulmanos, hindus ou judeus. Todos devem aprender a meditar. É um caminho neutro de conectar-se a Deus. Não é uma questão de sexo, raça, idade ou religião quando se trata de meditação. Pode ser ensinada e praticada por todos. Mesmo crianças podem aprender como orar e meditar. Se todas as pessoas do mundo aprendessem alguma técnica de meditação, o mundo seria um lugar melhor.

É bom para as crianças meditar?

Sem dúvida, a infância é o melhor período para aprender e praticar tudo o que é bom. Tudo o que aprendermos na infância possui um efeito forte em nossas vidas. As crianças devem aprender a orar e então aprender a meditar. Quando Jesus era uma criança ele foi ao templo orar e meditar. Ele fez muitas perguntas sobre vida espiritual aos professores no templo. A infância é a melhor época para aprender a orar e a meditar, e mesmo para estudar. Nós devemos criar um bom ambiente para a criança crescer fisicamente, mentalmente, intelectualmente e espiritualmente. As pessoas frequentemente focam no desenvolvimento físico e no intelecto da criança, mas ignoram o desenvolvimento espiritual. Nós devemos ajudar as crianças a crescerem espiritualmente ensinando-as a orar, meditar e a estudar.

Então o que é meditação? O que é oração? Existe uma diferença entre os dois?

Nas escrituras (Skanda Upanishad 11), foi dito que meditação significa ir além da mente, pensamentos, sentidos do corpo e do mundo. Isso significa que você não possui nada – nenhum sentido do corpo ou do mundo. Isto é divindade. Então, você é capaz de permanecer calmamente ativo e ativamente calmo. Orar não significa falar de forma elevada sobre Deus, mas sentir-se humilde na presença de Deus. Quando você sente a presença viva de Deus através da pulsação, do som e da luz, neste momento você humildemente ora, “Oh Senhor, Tu estás em todo o meu sistema. Eu humildemente oro a Ti, por favor dê-me divindade, salve as minhas mãos e as minhas pernas; proteja meus parentes e a minha família. Tu és o Salvador.” Isto é verdadeira oração e esta oração alcançará Deus. Até que você, e a menos que você esteja no estado de consciência cósmica, às portas da sabedoria, a sua meditação e a sua oração são inúteis.

De forma prática, não existe diferença entre oração e meditação. Oração silenciosa é meditação, meditação verbal é oração. Oração e meditação podem ser combinados. Se você pratica a técnica com amor e oração, você pode facilmente entrar no estado de meditação. Na vida diária, quando você está vivendo no mundo prático, ao estar com pessoas em diferentes situações, quando você mantém uma atitude de oração, oferecendo a sua gratidão a Deus em cada situação, então isto se torna uma meditação na prática.

Você mencionou algo sobre meditação adulterada. O que é isto?

Meditação adulterada: Um copo de água e algumas colheres de leite. O que é isto? Você dirá que é um copo de leite, ou um copo de água? Está adulterado; não é água nem leite. Mesmo se você beber este copo de água com duas colheres de leite, você não estará nutrido como com um copo de leite. Você entende? Isto é adulteração.

As pessoas sentam-se com os olhos fechados, mas milhares de pensamentos vêm às suas mentes: tenho que fazer isso, tenho que ver esta pessoa, tenho que ir ao mercado, tenho que ligar para o meu amigo, e assim por diante. Todos estes pensamentos aparecem durante a meditação. Isto é meditação? Sentar-se com os olhos fechados como um gato, pensando que ninguém está vendo você, isto não é meditação. Em meditação você vai além do corpo, da mente, dos pensamentos, do intelecto, do ego, dos sentidos do corpo e dos sentidos do mundo. Você não sentirá onde está, na sthanam, não perceberá o volume do seu corpo, namanamnacha nada bindu, irá além do ponto do átomo, nadabindu kalatitami, além de tudo, dhyanam nirvishayam manah. (Shanda Upanishad 11). Na verdadeira meditação a sua mente está livre dos pensamentos; do contrário, é meditação adulterada.

Se os pensamentos estão vindo quando você se senta com os olhos fechados, não continue. Imediatamente curve-se e ore a Deus, “Oh Deus, salve-me, meu Salvador, meu protetor. Me ajude; Eu preciso de Você, não destes pensamentos.” Quando os pensamentos voltarem, retorne a Deus, “Eu quero Você, não os pensamentos.” Através do seu esforço, aos poucos você estará livre. Sentar-se com os olhos fechados e milhares de pensamentos não é meditação. É por isto que eu digo que é meditação adulterada.

Algumas pessoas cantam e pensam que estão fazendo meditação cantada. O que é meditação cantada? No Kena Upanishad (1:5) foi dito: 

yad vachan anabhyuditam yena vak abhyudyate

Tadeva brahma tvam viddhi nedam yadidamupasate

“Aquilo que a fala não pode revelar, mas que revela a fala, saiba que isto apenas é Deus.” Você não pode sentir Deus cantando. Ele ajuda a sua boca a falar, mas você precisa ir até o lugar de onde vêm os pensamentos, ir além dos pensamentos, ao para, ao estado supremo; então você estará livre de tudo isto. Esta é a verdadeira meditação. Sem mente, pensamentos, ego, sentidos do corpo ou sentidos do mundo. É como se o seu corpo fosse totalmente queimado em cinzas, bhasmantam shariram (Isha Upanishad, mantra 17), sem os sentidos do corpo, sem pensamentos nem mente, um estado completamente limpo. Isto é meditação.

É prejudicial praticar diferentes formas de meditação?

Adulteração não é bom. Se você bebe leite e água juntos isto parece leite, mas você não sente o mesmo gosto do leite. Leite puro tem um gosto bom e bons nutrientes, então beba leite puro, não leite adulterado. Da mesma forma, não misture diferentes formas de meditação; isto não é bom. Em outros tipos de meditação, existe uma forma diferente de percepção e um fluxo de energia diferente no corpo e na mente. Quando você mistura diferentes técnicas, ao invés de receber um benefício real, isto irá prejudica-lo, então não faça isso. Da mesma forma, quando você não possui fé nos ensinamentos dos mestres, você não pode receber o benefício real, a verdadeira alegria da meditação. 

Não sei se devo meditar primeiro ou fazer outras atividades como cuidar do jardim, praticar exercícios, ou ajudar alguém que precisa. A meditação deve vir em primeiro lugar?

Você precisa combinar os dois na sua vida diária. Primeiro medite, prepare o corpo, prepare a mente e sua vida, então entre no mundo. Quando alguém vai nadar, primeiro coloca a sunga ou o maiô antes de mergulhar na água. Da mesma forma, medite primeiro e então, vá trabalhar. Medite primeiro e depois vá servir os outros. Se você vai servir os outros sem meditar, isto não é ruim, mas você desenvolverá ego. Algumas vezes você pode desenvolver sentimento de posse, e pode ser que você sinta tristeza mesmo quando fizer algo bom. Primeiro prepare-se. Este é o objetivo da meditação. Prepare-se, e faça o seu trabalho regular, ajude os outros, cante, cuide do jardim, faça exercícios, escreva ou cozinhe. Faça o que for, comece o dia com meditação. Apesar de todas as suas atividades, passe o dia com a sua mente em Deus e então termine o dia com meditação.

 

7

*Paramahamsa Hariharananda veio para os Estados Unidos na década de 70, quando fundou o Kriya Yoga Institute. Foi discípulo direto de Swami Shriyukteswar e Paramahamsa Yogananda. Fez seu “mahasamadhi” (última respiração consciente), em dezembro de 2002, em Miami, ao lado de seus devotos e monges amados. Deixou como sucessor seu discípulo predileto, Paramahamsa Prajnanananda. Como todos os mestres realizados, Baba – como era conhecido pelos filhos espirituais – alcançou o estado de meditação sem pulso e sem respiração conhecido como “nirvikalpa samadhi”.

Via voluntários do Kriya Yoga Institute

 

Vá para cima