Lendo agora
O Poeta Rumi Por Claudio Edinger

O Poeta Rumi Por Claudio Edinger

Nowmastê

1379272_10153149368673306_1977337362_n

“Na verdade, somos uma só alma, tu e eu.
Nos mostramos e nos escondemos tu em mim, eu em ti.
Eis aqui o sentido profundo de minha relação contigo,
Porque não existe, entre tu e eu, nem eu, nem tu.”

Jalāl ad-Dīn Muhammad Rūmī (1207 –1273), Poeta, jurista, teólogo e místico Sufi. Rumi, como é conhecido, nasceu no que se conhece hoje por Turquia. É um dos maiores e mais profundos poetas da História. 

Rumi escreve poemas em persa. Cria o grupo de dervishes que dançam em círculos, giram, giram, para encontrar seu eixo, seu centro. O Sufismo é para os muçulmanos o que a Kabbalah é para os judeus. 

Rumi escreve e pensa lindamente:

“O anjo salva-se pelo conhecimento,
o animal pela ignorância;
entre os dois 
o homem permanece em litígio.””

“Sem amor, seria impossível para a gota 
se transformar em uma pérola.”

“A inspiração que você procura já está dentro de você.
Fique em silêncio e escute.””

“Que a beleza do que você ama 
seja o que você faz.” 
(aqui repetindo o que afirma Joseph Campbell: Follow your bliss)

“Nunca se lamente. 
Sempre o que se perde 
retorna de outra forma.”

“Quero cantar 
como os pássaros cantam, 
não me preocupando 
com quem ouve 
ou o que eles pensam.”

“Tudo o que você procura
já está dentro de você”

“A tarefa não é buscar o amor, 
mas apenas procurar e desfazer 
todas as barreiras dentro de si 
que você construiu contra ele.”

“Você e eu estaremos juntos. 
Não vá a lugar nenhum sem mim. 
Que nada acontece no céu além de mim.
Quero me sentir em você. 
Não há nada pior do que sair na rua 
sem você. Eu não sei para onde estou indo. 
Você é a estrada, e conhecedor das estradas, 
mais do que os mapas, mais do que o amor.”

 

– Conheça a página Rumi no facebook

 

Veja comentários

Deixe uma resposta

Vá para cima