Lendo agora
O outro como espelho

O outro como espelho

Avatar
Por Daniela Vianello*
É, a gente se irrita com algumas pessoas… mas esquecemos de procurar onde está aquela atitude irritante em nós! Afinal, tudo que nos irrita no outro, existe em nós (e o que admiramos, também). O filósofo místico Osho dizia: “…cada relacionamento é um espelho que revela sua identidade a você”. Pois é…
 
As pessoas com quem convivemos, nos servem de espelho e refletem aquelas partes nossas que não nos agradam e que queremos esconder. Como é doloroso aceitar essa verdade, escolhemos deixá-la lá, do lado de fora. Porém, acredito que vale a pena mergulharmos em nosso íntimo e começarmos um processo de autoconhecimento: oportunidade de transformar nossa realidade para melhor e trazer mais paz à nossa Vida. Como?
 
Já ouviu a frase: “Quando sentir vontade de criticar alguém, corre para o espelho.”?

7c854e1346758fa6119fdcc1c7744222
Então, digamos que uma pessoa tem uma atitude que nos irrita muito: ela precisa estar sempre com a razão. Em vez de tratarmos isso como se fosse um problema dela, podemos correr para o espelho e refletir: que parte minha precisa estar sempre com a razão. Às vezes, não é de primeira que acessamos a resposta mas, com certeza, logo, logo a ficha cai e nos pegamos fazendo aquilo que o outro faz e que nos irrita: bingo! 
 
Ganhamos, aí, uma oportunidade de analisar esse comportamento – sem julgamento – e transformá-lo – com consciência.
 
Portanto, já que quanto mais a gente nega nossos aspectos negativos, mais eles aparecem no outro, seria um presente parar, respirar, refletir e começar uma reforma interna… e mais, que tal sentir gratidão pelas pessoas que nos servem de espelho e nos dão a oportunidade de olhar com mais cuidado para o nosso coração e descobrir mais sobre nós mesmos? #ficaadica
unnamed-3

*Daniela é buscadora. Coach de Saúde Integrativa pela IIN/NY, pratica Yoga, estudou Metafísica e Física Quântica, Alimentação Consciente, Mandalas, Leitura de Cartas e é Reikiana. Adora escrever e explorar o universo do comportamento humano. Contato: [email protected]

Veja comentários

Deixe uma resposta

Vá para cima