O mantra da Plenitude – Pūrṇamadaḥ

Om

Purnamadah Purnamidam
Purnaat Purnamudachyate
Purnasya purnamadaya
Puranamevavashishyate
Om Shanti Shanti Shanti
Isto é perfeito, aquilo é perfeito
O que vem da perfeição é perfeito
O que fica depois da perfeição é perfeito.
Se o perfeito for retirado da perfeição
Que haja paz, paz, paz

Texto por Sandro Shankara

Um dos mantras que mais me inspiram em minha prática diária (sādhana) é o Pūrṇamadaḥ. Na primeira vez que li sua tradução fui arrebatado por sua poesia repleta de significados, os quais nos elevam a um novo nível de interação com a vida.

Ele é classificado como śāntiḥ Mantra (Mantra da Paz). Sua recitação evoca uma atmosfera de tranquilidade, em meio á turbulência de pensamentos e ações que por vezes povoam nosso estado mental, assim removendo obstáculos diários (colocados pela mente).

Estes hinos fazem parte das Upanishads e seus significantes estão incorporados na mitologia hindu, seja em forma de prece, poesia ou filosofia.

Uma de suas características é a repetição palavra śāntiḥ três vezes no término de sua recitação. A palavra śāntiḥ significa paz e à cada repetição evocamos três diferentes planos:

Adhi Bhautika – Físico
Adhi Daivika – Divino
Adhyātmika – Interno.

Estes três aspectos representam o tapa-traia, ou seja: as três classes de problemas que permeiam nossas vidas.

Em uma interpretação livre podemos dizer que esta invocação nos remete: “Que a paz esteja presente nas ações que realizamos (físico). Que sobre nós (e nossos queridos) recaiam Bênçãos (divino) de paz e que ela viva em nossos corações e mentes (interno).

Deixe uma resposta

Por uma vida mais consciente

Você quer receber as novidades e promoções do Nowmastê no seu e-mail?