O inevitável encontro consigo mesmo

Por Ana Paula Fantin*

Seja em uma relação que não te leva para o seu melhor, seja em um trabalho que não te faz feliz ou em um círculo de amigos que não te completa mais, inevitável, mas uma hora você vai se deparar com você mesmo, com o que você realmente é.

Isso acontece porque o nosso eu superior, uma hora, sempre vai falar mais alto.

Não é incomum nos depararmos com sensações de incômodos diante de certas situações, como se uma peça estivesse fora do lugar, como aquela pulguinha atrás da orelha que te coloca em dúvida sempre. Se você passou por essas situações, você está no encontro consigo mesmo.

Para muitos esse é um momento decisivo, de mudanças, autoconhecimento profundo e até mesmo momentos de sofrimento, afinal, sair da zona de conforto, na maioria das vezes dói.

Para alguns, talvez aqueles que já estejam buscando um caminho de autoconhecimento há algum tempo, esse encontro é libertador, porém para ambos, nunca é fácil.

No fundo no fundo, eu acredito que o nosso coração fica feliz com isso, afinal, é mais dolorido para ele o desalinhamento com a situação atual do que o processo de mudança.

Torço para que estejamos preparados quando essa voz falar mais alto, torço para que estejamos conscientes em reconhecer que algo precisa ser feito. E nem sempre esse “algo” se refere a grandes mudanças, às vezes, podem ser pequenas e feitas uma de cada vez, mas não podemos mais resistir.

Que possamos cada vez mais alinhar nossos desejos com a voz da nossa intuição, que possamos sempre ter o olhar e o ouvido atentos para aquilo que faz o nosso coração vibrar.

Que a cada nova situação e a cada abrir de olhos pela manhã colaboremos para o nosso despertar, despertar de alma, que sempre está em busca do melhor que podemos ser.

Existe muito amor aqui para todos nós.

A escolha que fizemos ontem pode não ser mais a escolha que agrada o nosso ser hoje, mas está tudo bem, não há culpa nisso. Somos seres em constante mutação, no caminho do bem e da evolução, sempre.

Que seu inevitável encontro consigo mesmo seja breve, ou quem sabe demore mais um pouco, mas que venha, que venha no momento certo em que seu ser não poderá mais se esconder do caminho da abundância e do amor.

Namastê

*Sou viajante, escritora, praticante de yoga, amante da natureza, reikiana iniciada e apaixonada por tudo que envolva desenvolvimento pessoal e espiritualidade.

Uma vida baseada em uma frase: Conhece-te a ti mesmo.

“Parti em busca de um refúgio espiritual através de retiros, cursos, livros, terapias e meditação. No fim das contas, surpreendentemente, eu descobri que existia um refúgio no divino que habita dentro de mim.”

Instagram: fantinanapaula

E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

Por uma vida mais consciente

Você quer receber as novidades e promoções do Nowmastê no seu e-mail?