O dinheiro precisa mudar de mãos…

Por Alana Trauczynski*

“Se o dinheiro fosse mais importante para nós, entenderíamos por que ele exerce tanta influência em nossa vida.” – Jacob Needleman

Hoje eu queria trocar uma ideia com você sobre uma coisa que vem me encucando muito… Por que as pessoas espiritualizadas, preocupadas com o coletivo, orientadas pelo sentimento de compartilhamento e mais conscientes tem tanto problema de dinheiro?

Por muitos anos, este foi um assunto “tabu” na minha vida, na minha família… Como profissional criativa, tinha muito problema para cobrar pelo meu trabalho e o dinheiro pra mim era associado a muitas coisas negativas, como a ganância, desonestidade, corrupção, ego, desencaminhamento, etc…

Foi assim até o dia em que eu percebi que eram estas associações turvas e inconscientes que estavam sabotando a minha vida financeira… Desde então, iniciei um grande processo de limpeza interna, o que fez com que minha vida mudasse drasticamente para melhor nos últimos dois anos. De “sobrevivente” e “preocupada em virar o mês” evoluí para “altamente abundante” e “engajada em ajudar os outros”.

Cada vez mais, fica claro para mim que a nossa prosperidade vai até aonde a gente se permite. A abundância é o estado natural do ser humano que está fluindo com o universo, mas nós construímos barreiras invisíveis que nos dão a ilusão de separação e não-merecimento desta energia. Mas é possível mudar isso através da consciência.

O dinheiro em si não tem carga negativa alguma, ele é uma energia neutra. A carga é a gente que dá. Se eu digo: “só ganha dinheiro quem é desonesto”, de alguma forma o meu inconsciente vai querer me proteger disso, eu não quero ser desonesto… então eu penso inconscientemente “já não vou nem ganhar que é pra não correr este risco”! E assim vamos criando as tais barreiras. Há muito a ser falado sobre isso, mas eu tenho chegado a alguns pensamentos recentes…

Acredito que o dinheiro precisa trocar de mãos! Precisa ir para as mãos de pessoas que pensam mais coletivamente, colaborativamente e que se interessam pela criação de iniciativas compartilhadas. Segundo o futurista Kingsley Dennis, P.h.D, o mundo está mudando de um lugar de Competição, Conflito, Controle e Censura para um lugar de Conexão, Comunicação, Consciência, Compaixão e Compartilhamento.

Para que isso aconteça, é necessário que pessoas do bem, conectadas e com outra consciência comecem a se interessar mais por dinheiro e percebê-lo como uma energia altamente positiva, porque eu noto que muita gente deste meio ainda faz críticas severas a tudo que está relacionado a este mundo… Mas se você for analisar de perto… Estão obcecados por este assunto simplesmente por que essa é uma energia escassa em suas vidas. Isso faz com que operem em modo sobrevivência! E no modo de sobrevivência não há espaço para a consciência! Só consegue se preocupar com consciência quem tem suas outras necessidades mais básicas atendidas. E para ter suas necessidades atendidas, o dinheiro é necessário. É por isso que eu tenho dito:

“GENTE BOA COM DINHEIRO FAZ MUITO MAIS PELO MUNDO DO QUE GENTE BOA SEM DINHEIRO”

Se você se considera gente boa e quer fazer pelo mundo, sugiro que comece a rever seus conceitos e junte-se a mim nesta nova pegada muito menos crítica e muito mais engajada, para que possamos efetivamente mudar o mundo como co-criadores, gerando renda e prosperidade para mais gente.

Eu estou firme e forte na missão de ajudar mais e mais pessoas a se libertarem destes tabus e se engajarem na construção deste mundo. E vocês sabem que, como em tudo, eu falo sobre este assunto sem sensacionalismos e sem pegada catequisadora… Eu não quero que todo mundo deseje ser milionário, mas gostaria sim que mais gente pudesse se dedicar mais à evolução da sua própria consciência do que ao aluguel do mês. O que você acha disso? Sinta-se convidado a deixar um comentário aqui embaixo e debater um pouco este assunto.

*Alana Trauczynski é nômade digital, autora do livro “Recalculando a rota: uma louca jornada em busca de propósito” e criadora do Programa Recalculando a Rota, um curso online de autoconhecimento e mudança de mindset para pessoas que querem recalcular a rota de suas vidas para um futuro mais brilhante e fluido. Para conhecer melhor seu conteúdo, curta sua página no facebook.

Um Comentário

  1. Acho isso altamente necessário e importante. Enquanto olharmos para fora não iremos sair do lugar. Me identifico muito com o conteúdo do texto até porque, sempre pensei desta forma, ou seja, de forma não próspera. Recentemente que tenho me colocado em outro lugar e isso tem me ajudado muito inclusive, a vislumbrar novas possibilidades. Gratidão.

Deixe uma resposta

Por uma vida mais consciente

Você quer receber as novidades e promoções do Nowmastê no seu e-mail?