Lendo agora
O Agora

O Agora

Avatar

Por Daniela Vianello*

Outro dia li uma frase que dizia algo assim: viver no passado causa depressão, viver no futuro gera ansiedade e a cura é viver no presente.

Pois é, quando estamos lá atrás ou lá na frente no tempo não estamos em paz, não é?

Afinal, estamos fora do único tempo que realmente existe e onde a vida se manifesta: o agora.

Nossa mente vai criar uma variedade de argumentos para que a gente não fique no agora, para que a gente volte ao passado (uma memória) reclamando ou revivendo uma experiência antiga, ou se preocupe com o futuro (uma projeção) tentando controlar algo que nem sabemos se irá acontecer. Deixamos, assim, de viver o momento e de usufruir dos benefícios e do poder da presença.

6665ad56e25aa9db0f8ca1a1c1a37b74
Aqui e Agora

 

Eckhart Tolle , escritor do bestseller “O Poder do Agora”sugere que – toda vez que sentirmos um mal estar emocional – criemos o hábito de silenciar e observar nossa mente, nossos pensamentos – sem julgamento – para perceber se estamos no passado ou no futuro e, aí, que façamos perguntas: “qual é o meu problema neste exato momento – não no ano que vem ou amanhã ou daqui a cinco minutos – ou qual memória está me paralisando? “.

Assim, trazemos nossa atenção para o momento presente e abrimos espaço para o inédito, para sentir o agora, para apreciar o céu, agradecer a vida ou tomar uma atitude criativa e eficaz em uma situação real que esteja acontecendo: em vez de gastar energia com o que foi e com o que será, direcionamos nossa força para o que é!

Como sabiamente escreveu o poeta brasileiro Augusto Branco, “Não te iludas. O ontem já se passou, o amanhã ainda não existe. Vive, pois, a única certeza que tens agora: este dia.”

 

unnamed-3

*Daniela é buscadora. Coach de Saúde Integrativa pela IIN/NY, pratica Yoga, estudou Metafísica e Física Quântica, Alimentação Consciente, Mandalas, Leitura de Cartas e é Reikiana. Adora escrever e explorar o universo do comportamento humano. Contato: p[email protected]

 

 

 

 

Veja comentários

Deixe uma resposta

Vá para cima