Marcos e Tânia, Viagens Extraordinárias

Ao fazer uma revisão da sua vida, a psicóloga Tânia Abreu se deu conta que o seu caminho era um pouco diferente do convencional. Primeiro dedicou-se com intensidade ao trabalho interno, ou seja, ao autoconhecimento, e só depois, a partir de seus 60 anos, é que sentiu a necessidade de buscar em outros lugares do mundo novas experiências para sua evolução pessoal.  A decisão coincidiu com a de seu segundo marido, Marcos Wilmer, e os dois passaram a viajar em busca de outras formas de viver, e entender, o mundo. “O meu interesse sempre foi em povos que construíram a sua civilização com base na transcendência. Ou seja, não apenas em países economicamente viáveis, mas naqueles que investem em uma relação mais próxima com o sagrado”, afirma ela. Não por acaso, os primeiros locais escolhidos foram a Índia e o Uzbequistão.

marcosetania
Marcos Wilmer e Tânia Abreu são mais do que viajantes. O que eles querem é buscar experiências sutis e oferecê-las aos grupos que conduzem em países tão diversos como a Índia, o México e o Uzbequistão.

Viagem com alma

Quando voltaram, encontraram mais pessoas interessadas nesses locais, querendo compartilhar as experiências vividas por eles. Foi então que Tânia e Marcos passaram a organizar grupos de viagem para os lugares incríveis em que estiveram. Não quaisquer grupos, mas aqueles formados por viajantes com um quê de buscadores, que queriam estar em locais de energia sutil. Assim nascia a Marcos e Tânia Viagens Extraordinárias.

“Há uma caverna ao lado do Ganges onde já se medita há 5 mil anos. Aquele lugar está tão impregnado dessa energia que é só entrar, fechar o olho e o estado meditativo acontece. Ou melhor, às vezes nem é preciso fechar o olho! É muito diferente da dificuldade que temos de desligar nossa mente , nem que seja por cinco minutos, em nosso dia a dia”, conta Tânia. “Eu queria levar as pessoas para esse tipo de ‘atração’ e não para destinos meramente turísticos. Outro exemplo é um banho no Ganges, quando ele ainda é totalmente puro, na base do Himalaia. Ali, você realmente tem a dimensão do que é sagrado”, declara a experiente viajante.

India
Em Rishikesh, cidade aos pés dos Himalayas, onde nasce o poderoso Ganges é impossível não ter um outro olhar sobre a vida e sobre o conceito de sagrado.

A cultura como símbolo

Como bons psicólogos, sempre atentos aos simbolismos, Tânia e Marcos desenvolveram um outro olhar sobre as diversas culturas, trazendo ao grupo novos paradigmas que enriquecem a viagem. “A Índia é um país feminino, eles têm um cuidado, uma amorosidade muito feminina. Não por acaso, é o único lugar do mundo onde um grande monumento foi erigido declaradamente em nome do amor a uma mulher (o Taj Mahal).  Já o Marrocos, que também é belíssimo, tem uma energia masculina que aparece nas ruas, nos mercados, inclusive, eles são negociantes natos. Até as mulheres têm essa energia mais agressiva, mais masculina. Não é uma agressividade negativa, é apenas uma qualidade de energia. É  preciso entender a diferença entre as  culturas para aproveitar melhor cada lugar”, afirma Tânia. 

indiamarrocos
A feminina Índia e o masculino Marrocos. Jornadas para entendermos mais sobre nós mesmos e as diferentes energias que conduzem a nossa vida.

Busca individual, caminho em grupo

Tocando nesse ponto, da diversidade das culturas, uma viagem em grupo sem dúvida é a forma mais segura e planejada de ganhar o mundo. No caso de Marcos e Tânia, o roteiro é previamente estudado e visitado pessoalmente pelo casal ou por seus parceiros nos locais de destino. “É importante não entrar em frias. Passar perrengue em países distantes é muito cansativo e distancia as pessoas do real sentido da viagem”, afirmam eles.  De fato, entre as pessoas que preferem ir junto ao grupo  de Marcos e Tânia,  estão aquelas que querem se aventurar por experiências internas e externas,  mas de uma forma que fiquem tranquilos e bem acomodados.  

Quem experimentou garante: é uma jornada inesquecível.

 

Serviço

Marcos e Tânia Viagens Extraordinárias levam à Índia, ao Uzbequistão, ao Marrocos, ao México e, a partir de 2014, à Indochina (Tailandia, Laos, Camboja e Vietnã).

[email protected]

http://embuscadoextraordinario.blogspot.com.br

A próxima viagem é para o Marrocos, em fevereiro de 2014. Para se inscrever, veja as informações aqui.

 

 

2 Comentários

  1. orlando olinger filho diz:

    Quem convive ou conviveu,especial pessoas,Agradeço,recomendo,,enfim eles tem o dom de nos ajudar sem envolver ,seitas,…………Quem tiver o privilégio!!!!!Que o faça !!!!!

Deixe uma resposta

Por uma vida mais consciente

Você quer receber as novidades e promoções do Nowmastê no seu e-mail?