Lendo agora
Kombucha- Elixir da Vida

Kombucha- Elixir da Vida

Avatar

Por Patricia D. Sâmtana*

Fazer Kombucha requer cinco ingredientes: água, chá. açúcar, uma porção de kombucha fermentada ou vinagre e uma colônia de bactérias e leveduras. A bebida é resultado da reação entre estes ingredientes por aproximadamente uma semana, variando para mais ou para menos de acordo com a temperatura do local.

Desta alquimia obtém-se um chá fermentado de sabor refrescante com ação probiótica e muitos benefícios à saúde. A produção de diversos ácidos, polifenóis, vitaminas e enzimas produzem efeitos como aumento de energia e disposição, ação anti-inflamatória, fortalecimento do sistema imunológico, alívio de dores articulares, regulação do funcionamento intestinal e de outras funções do corpo relacionadas a saúde do intestino, entre outros.

A Kombucha pode ser consumida por pessoas de todas as idades. Sugere-se que comece com pequenas doses e vá aumentando gradativamente. Diabéticos e lactantes devem ter mais cuidado ao ingerir.

Quando a fermentação passa do ponto para a produção da bebida, temos o vinagre que pode ser usado em preparos como fabricação de mostarda caseira, molhos para salada e acompanhamentos ou até mesmo como produto de limpeza e cosmético. Já as colônias, além de enriquecer os chás e transformá-lo no Elixir da Vida, podem também virar máscaras capilares e faciais e tecido biodegradável.

Como se vê nesta produção nada se perde, tudo se transforma. A Kombucha, uma bebida milenar, cuja origem é incerta, mas acredita-se datar de mais de 2000 anos, traz o conceito atual do zero desperdício.

*Fisioterapeuta especializada em ortopedia, neurologia e geriatria, professora de Hatha Yoga e Consultora Culinária com formação no Natural Gourmet Institute em NY. Idealizadora do Movimento Bem Viver onde desenvolve projetos como Envelhecer Consciente, Cozinha Intuitiva, Comidaterapia entre outros. Ministra cursos regulares, palestras, workshops e atendimentos individuais para a promoção de saúde e qualidade de vida.

www.movimentobemviver.com

Veja comentários

Deixe uma resposta

Vá para cima