Lendo agora
“In case we never see each other again, I want to give you everything”

“In case we never see each other again, I want to give you everything”

Nowmastê

Por Renata Piazzon*

* As frases foram mantidas como ditas, em inglês.

* Agradecimento especial ao Nowmastê, à Daniela de Oliveira e ao Derek Brett Gallo.

E assim começa o workshop com Rick Jarow, Ph.D em Línguas e Literatura Indiana pela Universidade de Columbia e autor de “Creating the Work you Love”, que vem transformando o modo como o mundo encara trabalho, propósito e vocação. 

Aos 19 anos, desiludido com o mundo ao seu redor, Rick deixou a Universidade de Harvard e viajou por 7 anos pela Europa e Índia. Esta peregrinação resultou no seu manifesto anticarreira.

Rick, um ser iluminado e com uma energia indescritível, não pede nada além de 3 simples “regras para o curso”, que mais deveriam ser “regras para a vida”:

  1. When you are here, be here.
  2. Be patience with yourself.
  3. Turn off your phone.

Ele inaugura contando um pouco sobre o processo – intenso – a que passaríamos durante o fim de semana, nos fazendo refletir sobre 4 perguntas essenciais:

  1. Who inspires you?
  2. Who is your community?
  3. What is your cosmology?
  4. Who are you working for?

Rick logo responde, citando William Blake, que acredita estar no mundo para aprender a suportar as vigas do amor: “And we are put on earth in a little space, that we may learn to bear the beams of love”. E complementa: “Life is too beautiful to turn work in a fancy form of slavery. Work needs to support the unconditional freedom, peace, joy and love and leave us, in the end of the day, less anxious.”

rickjarowws3

O processo de criação do trabalho que amamos envolve o que ele chama de “alignment”, ou alinhamento interno: “If you dedicate yourself to your own alignment, you don’t have to be afraid of anything. Do you work with the plenitude of your being?”. O fim de semana se tornou, assim, um processo de alinhamento interno das nossas paixões, propósito de vida e trabalho.

Duas palavras foram muito valiosas no processo “anticarreira”: “Não” e “Prioridade”. O Rick nos lembra, de forma  leve e bem-humorada, que abrimos espaço para que o melhor ocorra quando temos o senso do que é realmente importante e falamos não àquilo que não nos levará a esse lugar. “Everything is important. Everything. And you need to say no to things that are not letting you do it”.

Faço um parênteses, aqui, para algumas frases dele que me tocaram ao longo do processo:

“It is better to be in the hallway than jumping on a train that will take you where you don’t wanna go. Sometimes you have to wait for the right wave.”

“Let the beauty we love be the work we do.”

“What is the one thing that, if you do, you will feel good about yourself in the next 6 months?”

“You create the work you love by embracing the life you have been given and figuring out who are you working for.”

“When you buy things, you are supporting people. Who do I want to support?”

Após uma meditação guiada – aliás, o curso contou com meditações riquíssimas – Rick trabalhou para despertar a clareza do que seria o mais importante para cada um dos presentes, quais seriam as pessoas que poderiam ajudar no processo e de que forma se daria o comprometimento para que cada um alcançasse os seus objetivos finais.

De todo o aprendizado, destaco o reforço de uma certeza: há no mundo um espaço para cada um de nós manifestar o nosso melhor. E essa manifestação vem quando sabemos a que viemos, quando nos alinhamos ao nosso propósito e, por mais contraditório que possa parecer, quando paramos de nos preocupar em encontrar esse lugar.

Sai do curso leve e transbordando amor. Pela energia que se formou naquele lugar. Pelos alienígenas do bem que conheci. E pela esperança de que o mundo está, sim, em um processo de transformação. Em um processo em que as pessoas escolhem fazer o que amam, se sentem merecedoras e são plenamente felizes.

“Human life is so precious… let’s make the most of it together!”

reerick
Rê e Rick.

*Renata é advogada ambiental e uma buscadora!

Fotos: Carol Valerio

Confira a agenda 2015 de Rick Jarow no Brasil aqui.

Vá para cima