Lendo agora
A harmonia dos opostos em casa

A harmonia dos opostos em casa

Avatar

Saiba usar as energias Yin e Yang na decoração para harmonizar os ambientes
Por Cristina Ventura*

Photo credit: Sci-Fi Laura via Visualhunt / CC BY-NC-ND

O símbolo das energias Yin e Yang está representado no centro do baguá (mapa octogonal usado no Feng Shui) e se chama Tai Chi. Dentro de um círculo duas formas sinuosas parecidas com dois peixes (yin, energia feminina, preto e yang, energia masculina, branco) se encontram e contém a semente um do outro simbolizando o equilíbrio perfeito dessas energias.

A energia Yin representa o feminino, a suavidade, a passividade, o escuro, a inércia, o frio, a lua, a curva, o cíclico, o receptivo, o interior, a contração, o intuitivo, a mãe, a terra.

A energia Yang representa o masculino, o dinamismo, a força, a luz, o movimento, o calor, o sol, a reta, o linear, projetivo, o exterior, a expansão, o resistente, o pai, o céu.

E ambas energias estão por todos os lados em objetos, cores, materiais e formas. No Feng Shui observa-se que o excesso de yin ou de yang pode ser prejudicial para o bom fluxo do chi (energia vital).

Por exemplo: um cômodo ou casa com excesso de energia yin que são sombrios, fechados, escuros, frios, pode fazer as pessoas sentirem timidez, limitação, introspecção, tristeza e até mesmo depressão.

Já no caso de um ambiente com excesso de energia yang que tem muita claridade, calor, muito aberto, com iluminação forte e tons brilhantes, os indivíduos tendem a ficar muito dinâmicos, cansados, agitados e estressados.

Por isso, o ideal é combinar e equilibrar as forças opostas yin e yang para obter um ambiente bem decorado, harmonioso e saudável.

Na prática: preste atenção nas cores das paredes e dos objetos verificando se há mais tons escuros e frios (yin) ou excesso de cores claras e brilhantes (yang) e observe se há equilíbrio entre claro e escuro. Perceba o formato dos móveis e objetos de decoração, pois o ideal é o equilíbrio das formas curvas (yin) e das linhas retas (yang). Faça isso em todos os cômodos: sala, quartos, cozinha, banheiro, lavabo, corredor, varanda, hall entrada, área de serviço, home office.

Após a observação inclua ou mude de lugar os móveis e objetos: onde houver muitos móveis retangulares ou quadrados, inclua móveis ou objetos ovais, circulares ou sinuosos e vice-versa. Com as cores, faça a mesma coisa: onde houver cores muito claras e brilhantes, inclua itens ou imagens com tons escuros. Onde houver paredes escuras ou cortinas escuras, inclua objetos ou quadros claros.

Siga também a sua intuição e perceba as sensações com as mudanças e renovação do ambiente equilibrando as formas e as cores e ativando a união das energias do feminino (yin) e masculino (yang).

*Cristina Ventura acredita que o Feng Shui ajuda a enxergar as possíveis formas de atrair prosperidade, encontrar soluções, conquistar equilíbrio, harmonizar o ambiente, aprimorar relacionamentos, transmutar energias, melhorar a saúde e aumentar oportunidades para a vida pessoal e profissional. Transmite sua vivência em seu blog Canto do Feng Shui. Sua trajetória incluiu a formação em letras e em marketing e o trabalho em grandes empresas. É consultora profissional formada pelo Instituto Brasileiro de Feng Shui de São Paulo.

 

Contatos:
E-mail: [email protected]
Blog: www.cantodofengshui.com

Vá para cima