Lendo agora
Ganga Dusshera Festival – O dia que Ganga desceu dos céus

Ganga Dusshera Festival – O dia que Ganga desceu dos céus

Nowmastê

Por Pat Barcelos*

Hoje é um dia muito especial para os hindus, dia do Ganga Dusshera. O festival é dedicado ao mais sagrado rio da Índia, o Rio Ganges.

Esse rio sagrado ocupa um lugar muito especial no coração dos indianos e dos que seguem as tradições hindus. O Ganges é adorado por todos que seguem a crença de que a deusa Ganga pode limpar todos os pecados da humanidade.

O nome do Festival Dussehra vem de Dus que significa dez e Hara, derrota. Dessa forma, acredita-se que a orar pra Ganga nesse auspicioso dia pode ajudá-lo a alcançar a liberação de 10 pecados.

Ganga Dussehra é comemorado nas principais ghats da Índia, como Varanasi, Allahabad, Garh-Mukteshwar, Prayag, Haridwar e Rishikesh.

Ganga Dusshera Festival
Jai Ganga Maa Har Ki Pauri @ Haridwar

Como naqueles dias em que você está no lugar certo na hora certa, até ontem não sabia dessa história que me foi contada hoje pela manhã pelo Tripathi Ji – um Swami muito amado do Sachcha Dham Ashram – e que agora transmito a vocês…

A história começa com um sábio rei chamado Kapila. Considera-se que Kapila foi incomodado enquanto meditava profundamente numa caverna pelos sessenta mil filhos do rei Sagara. Kapila então, irritado, transformou-os em cinzas e por fim, amaldiçoou-os e também a todos os seus antepassados, enviando-os para o mundo das trevas. Dessa forma, eles só poderiam obter a salvação pela água benta de Ganga. Nessa época Ganga estava no céu.

Em seguida, o neto do rei Sagara, chamado Bhagirath, orou por muitos anos a Vishnu, com o objetivo de conseguir a salvação de seus antepassados.

Finalmente, ele concedeu a recompensa da queda de Ganga à terra do céu, mas ela pediu que alguém controlasse seu tumultuado fluxo ou certamente este destruiria a terra. Bhagirath então, prestou penitência e convenceu Senhor Shiva em seu habitat Monte Kailash, a controlar o fluxo de Ganga à terra. Shiva concordou com sua penitência e recolheu o fluxo de Ganga em seus pesados cabelos emaranhados.

Ganga Dusshera Festival

A partir desse dia, Ganga começou a fluir a partir dos cabelos de Shiva, limpando todo o mal dessa terra. E, desta forma, Bhagirath se tornou bem sucedido em dar paz às almas de seus antepassados.

Antes de descer na Terra, a deusa Ganga residia na cabeça do Senhor Brahma. Por isso, ela mantém a pureza do céu. Quando ela desceu sobre a Terra, a pureza do Céu veio junto com ela. Acredita-se, portanto, que aquele que recita o Ganga Stotra neste dia, em pé na água do Ganges, será capaz de eliminar dez pecados que cometeu no passado.

Você pode trazer a energia deste Sagrado rio para qualquer água perto de onde está e tomar o banho Sagrado. Enquanto adora a Deusa, deve cantar o seguinte mantra:

“Om Namah Shivaye Narayanyai Dashehrayai Gangayai Namah ||”

“ऊँ नम: शिवायै नारायण्यै दशहरायै गंगायै नम: ||”

Este ritual só deve ser efetuado com suprema fé e devoção. Não importa o que você está fazendo para a Deusa, que seja feito com amor no coração. Ganga é uma grande mãe curadora, sempre pronta pra acolher todos os seus filhos e levar embora tudo o que não nos pertence.

Desejo a todos um lindo Ganga Dussehra 2016!

Ganga Dusshera Festival

 

Com todo amor do mundo, Pat

Pat Barcelos

*Sou uma aprendiz. Eterna aprendiz. Apaixonada por viagens e por autoconhecimento, sou uma pessoa inquieta por natureza. Gosto do novo, do desconhecido, do exótico, do divino. Valorizo a simplicidades das pequenas coisas, a honestidade das relações, amo e respeito a natureza e todos os animais. Minha missão é inspirar as pessoas a se conectarem com sua verdadeira essência, superando seus medos e limitações, libertando o seu melhor e estabelecendo um fluxo de confiança, coragem, fé, liberdade e paixão pela vida.Sou fundadora da Dreamcatcher Brasil, uma empresa que cria, desenvolve e organiza experiências significativas e transformadoras utilizando o turismo como ferramenta e faço parte do movimento Awaken Love, um movimento liderado por Sri Prem Baba que tem a intenção de acordar a consciência amorosa em todos os seguimentos e setores da sociedade.

Vá para cima