Entrevista com a professora de acroyoga Thais Joy

Thais Joy e Raquel Furquim em uma perna. Nome da postura: "Reverso mono limb star"
Thais Joy e Raquel Furquim em uma perna. Nome da postura: “Reverso mono limb star”

1. O que é o acroyoga, quais as diferenças do yoga tradicional?

Thais Joy: O AcroYoga combina a sabedoria espiritual do Yoga, a bondade amorosa da Massagem Tailandesa e o poder dinâmico da Acrobacia. Somado a isso, oferece um espaço único para explorar os princípios do Yoga em ação e revela percepções sobre nós mesmos dentro do relacionamento com o outro pois no acroyoga você nunca está sozinho. Através de práticas em duplas, trios e grupos criamos uma plataforma real para o cultivo de elementos como confiança, cumplicidade, sensibilidade, fundamental nos dias de hoje.

O prefixo grego Acro quer dizer que vem do alto. Você sai da solidão do seu tapetinho e interage com as pessoas através do corpo e da gravidade e aí está o grande contraponto com a yoga tradicional. A consciência de união do yoga permanece, mas é levada para um outro patamar no qual o relacionamento é a base. Somado a isso o Acroyoga é extremamente lúdico e uma diversão garantida a todos os praticantes. Muitos dizem que o Acroyoga é a ‘terra do nunca’ onde voltamos a ser crianças e somos todos Peter e Wendy.

2. Para quem a prática é indicada, pode ser praticada por iniciantes?

TJ: Pode sim, inclusive crianças. Muita gente começa praticando Acroyoga e depois sente necessidade de fazer Yoga. Claro que se o praticante já tem consciência corporal do yoga facilita, mas não tem nenhum pré-requisito para começar Acroyoga, basta querer.

Front Plank, Prancha frontal com variação avançada caminhando até o tornozelo
Front Plank, Prancha frontal com variação avançada caminhando até o tornozelo

3. Quais os principais benefícios da técnica?

TJ – Força, integração física e emocional, flexibilidade, equilíbrio, leveza, estabilidade, presença, concentração, sensibilidade, confiança, entrega, compaixão, empatia… são muitos os benefícios físicos, mentais, emocionais e espirituais.

4. Quais os cuidados antes de começar a prática?

TJ: Procure um professor certificado experiente e dele receba as orientações técnicas para realizar as posturas e preparar seu corpo para o Acroyoga. Com isso, você pode praticar com seu grupo de amigos. O complicado é a pessoa olhar a foto e querer copiar sem a técnica correndo o risco de se machucar, comprometendo articulações, coluna, etc.

Postura da Cachoeira: que desenvolve a confiança.
Postura da Cachoeira: que desenvolve a confiança.

Crédito de imagem: Rafael Sardá

5. Existem riscos em praticar sem o acompanhamento de um profissional?

TJ – Risco de se lesionar, seja por esforço sem técnica ou por quedas.

6. Qual a relação do acroyoga com o pilates?

TJ – Vejo que os dois se comunicam muito bem. Hoje em dia, linhas como o aero pilates, e o neo pilates utilizam técnicas do circo que se parecem muito com o acroyoga. Por isso, quem pratica o pilates, que é também uma arte relativamente nova, já se identifica. Alguns praticantes do yoga clássico, com relação ao Acroyoga, acham que é moda passageira. Mas é uma resistência ao novo, ao meu ver natural, afinal são cinco anos de acroyoga, frente cinco mil e cem anos da yoga convencional.

Mas o Acroyoga só cresce em todo o mundo por dois grandes motivos: une as pessoas e é muito divertido, pois cada aula é superação e novidade para ser feita a dois.

7. É preciso algum equipamento para praticar?

TJ – Yoga mat, que é o tapetinho de yoga. Um amigo para ser o cuidador, um para cuidar e outro para ser a base. Daí os três podem se revezar nas posições.

Thais Joy

THAIS JOY é professora de yoga certificada também em Thai Yoga Massage, Hatha Yoga e Acroyoga, instruída por Jason Nemer, fundador do Acroyoga.org, instituição onde também é professora. Terapeuta Corporal e jornalista de formação, quase antropóloga por paixão, é também designer de jóias, professora de yoga e mãe. Ministrando retiros e workshops em todo o Brasil, a Srta. Joy empresta sua personalidade vibrante para instruir seus alunos na busca do Eu, trazendo a beleza da alma para os músculos do corpo.

“O que está fora está dentro. O corpo é o jardim da alma, por isso cuidamos primeiro dela.E antes de desejarmos um visual exterior perfeito, harmonizamos primeiro o mundo interior, ouvindo o eu verdadeiro, de harmonia, sabedoria, no silêncio do Perfeito, que há dentro de você”, diz, repetindo o que ensina nos fins de semana de imersão no yoga, que oferece para grupos.

Oferecendo aulas em português, inglês e espanhol, sua alma aventureira levou a aperfeiçoar seus conhecimentos nas escolas de mistérios com mestres brasileiros, americanos, mexicanos e gregos.

Nômade, essa brasileira deu aulas em diferentes academias do mundo e hoje tem sua própria escola, a AcroJoy, em Brasília. Acaba de voltar do Barcelona Yoga Conference, da Argentina e do México, países onde deu aulas e estudou thai yoga massagem e ostheothai para benefícios dos buscadores de todo o Brasil.

Assista a Srta. Joy em ação:

“Nossa técnica reequilibra o fluxo de energia vital e expande a luz dos chakras, pois são posturas meditativas, que relaxam profundamente e ajudam o bem estar em todos os níveis do corpo e da mente.” “Misturamos a luz do chacka do coração, com alongamentos e treinamento muscular para liberar endorfinas em asanas descontraídas para aulas que misturam concentração, força e diversão.”

www.thaisjoi.com.br

Deixe uma resposta

Por uma vida mais consciente

Você quer receber as novidades e promoções do Nowmastê no seu e-mail?