Entregue, aceite! Quando o fluxo é consciente você será guiado para onde tem que ir.

Por Patricia Lemos (Patwant Kaur), via Suni-Ai*

Foto: Camila Muradas

Todas as pessoas estão sujeitas a passar por experiências dolorosas, perder pessoas queridas, bens materiais e até mesmo o sonho. Mas a forma que cada indivíduo lida com o sofrimento pode determinar resultados diferentes na vida. O psiquiatra humanista e pai da logoterapia Viktor Frankl em seu livro A Descoberta de um Sentido no Sofrimento explica bem esse tema. Na entrevista no rodapé desse artigo ele compartilha a sua experiência pessoal quando esteve preso em um campo de concentração em Auschwitz durante a segunda guerra.

A dor é ferramenta para o amadurecimento, acelera o entendimento de várias questões e ajuda o indivíduo a enxergar situações que na zona de conforto, possivelmente não enxergaria. É óbvio que ninguém quer sentir dor física e muito menos emocional, mas o que ocorre em um mundo tão conturbado é que muitas pessoas querem negar a dor que é processo natural e inerente à vida.

Não há receitas para o enfrentamento dela, mas a entrega e a aceitação podem ajudar na compreensão do que é o sofrimento. Agradecer de forma genuína pelas situações boas e ruins também. Pode parecer loucura, agradecer pela dor, mas quando a pessoa é capaz de um gesto como este, independente das circunstâncias, algo maior acontece em sua vida. Chega o entendimento de que tudo, todas as situações que aparecem no caminho são pelo bem e para o bem.

Olhar as coisas sob um ponto de vista espiritual, coloca a pessoa acima das conquistas efêmeras que são temporárias. Vivenciar o Karma (lei de ação e reação) pode levá-la para caminho do Dharma (missão ou propósito de vida), ajudar a limpar o caminho e a curar.

Estabelecer um estado de presença e buscar conexão com a natureza auxiliam a sair da negatividade da mente e da dor. A vida precisa ser vivida momento após momento e o futuro será determinado pela capacidade de vivenciar as bênçãos que existem no presente.

Ter fé nada mais é que ter absoluta confiança em algo. É impossível ter fé na vida e ao mesmo tempo duvidar que ela pode ser melhor. Caminhe de cabeça erguida doando o seu melhor como humano, o que é seu vai chegar até você.

*Suni-Ai é o site de Patricia Lemos, jornalista e professora de Kundalini Yoga em Brasilia.

e-mail: [email protected]
www.suni-ai.com

4 Comentários

  1. Amei ler o texto e assistir ao vídeo. Muito lhe agradeço e que Deus a ilumine sempre. Gratidão.

  2. Olá, está Primeira Guerra, porém foi na Segunda Guerra ,né? Texto ótimo, parabéns!

Deixe uma resposta

Por uma vida mais consciente

Você quer receber as novidades e promoções do Nowmastê no seu e-mail?