Do começo…

Por Elisa De André Motta*, do Projeto Querido Desconhecido

Foto by Robert Collins on Unsplash

Querido desconhecido (a),

Comece do começo. Provavelmente o começo é interno, retome antigas paixões, reveja velhos sonhos, observe com carinho aquilo tudo que foi deixado para trás.

Os nossos gostos são antigos. O que gostamos de fazer nasceu há muito tempo. As brincadeiras são apenas formas lúdicas de nos conectarmos com o mundo externo.

A criança é pura. Não enxerga nada além do bem, da beleza e da alegria. E com este pensamento devemos cuidar daquilo que alimenta. Assim como a criança precisa brincar para se manter viva, nós precisamos de bons hábitos e conexão para nos mantermos nutridos.

O que te revigora?

Quais são as pequenas ações e paisagens que trazem sorrisos espontâneos? Você consegue recordar de sua pureza?

Aquilo que somos bons, o que fazemos naturalmente é o que irá mover nossa alma para a verdade interior. Quanto melhor ficamos, mais para dentro vamos, e assim sucessivamente.

A minha forma mais amorosa vem destas curvas, a união de letras. Daqui pratico diariamente entregar o que pulsa e conduzir outros para que reconheçam sua essência. Essas meninas são mágicas 🙂

Para olhar sua história e re-descobrir velhos pedaços e criar seus próprios escritos, responda este e-mail.

Para criação de textos, cartas, conteúdos delicados, mande um oi.

Com amor,
Elisa

*Elisa é escritora de Cartas e Reescritora de Histórias. Mãe da Olívia, apaixonada por brigadeiro e pão de queijo. Inspirada por meu avô Hildebrando Affonso de André, as palavras são expressão, autoconhecimento e aprendizado, nelas encontro a minha cura. Busco em cada escrita um caminho que conecte pessoas e convoque emoção.

www.elisamotta.com.br

Deixe uma resposta

Por uma vida mais consciente

Você quer receber as novidades e promoções do Nowmastê no seu e-mail?