Lendo agora
Desapega.com

Desapega.com

Avatar
Por Daniela Vianello*

Muito se fala sobre desapegar-se, mas há muita controvérsia sobre o significado dessa ação. Meu sentimento diz que desapego tem a ver com confiança e que vai muito além de fazer doações de roupas e brinquedos no final do ano; ou de se desfazer de tudo e de todos em um ato de revolta. Nem, tampouco, praticar o desapego tem a ver com um guarda-roupa enxuto e um coração que guarda e nutri emoções amargas.

Ser uma pessoa desapegada me parece mais com ser alguém que não tem necessidade de colocar mais do que o necessário na mochila da VIDA. Alguém que vive mais leve, pois abdica de todo e qualquer peso morto – aquele peso que nos faz andar mais devagar, que machuca o corpo, que cansa o espírito e não traz nenhum ganho. 

Enfim, o desapegado deixa para trás o excesso – aquilo que foi bom, mas que não lhe serve mais – sem dor ou drama. Ele se apoia na confiança de que, o que for necessário para a caminhada, virá e durará o tempo certo. Isso vale para coisas, pessoas, lugares, emoções, crenças e hábitos. Não é fácil ser assim… 

Mas, também, não é impossível. O importante é dar o primeiro passo! 

E o primeiro passo é confiar! Confiar na VIDA e na harmonia do Universo. Aí, então, podemos abrir espaço e começar a descolar do nosso coração aquela emoção que, há tempos, nos machuca; desfazer-se daquele objeto que atravanca a casa, mas do qual não conseguimos nos separar; ou ainda, liberar um hábito que sabemos que não é saudável e que insistimos em praticar. Desapegar. Deixar ir. 

E daí para frente, manter essa leveza em relação à VIDA.

Cito, aqui, uma frase para reflexão de Sri Swami Sivananda (1887-1963), um dos maiores mestres de Yoga da Índia, que diz: “Ninguém alcança felicidade verdadeira sem desapego”.

Daniela
*Daniela é buscadora. Coach de Saúde Integrativa pela IIN/NY, pratica Yoga, estudou Metafísica e Física Quântica, Alimentação Consciente, Mandalas, Leitura de Cartas e é Reikiana. Adora escrever e explorar o universo do comportamento humano. Contato: [email protected]
Veja comentários

Deixe uma resposta

Vá para cima