Lendo agora
Como enxergar as pessoas como elas são

Como enxergar as pessoas como elas são

Nowmastê

Por Thais Santos*

Photo via Visualhunt.com

Será mesmo possível parar de ser enganado ou manipulado pelas pessoas ou circunstâncias?

Se sim, será que existe uma fórmula para isso?

Bem, eu não diria uma fórmula, mas certamente existe um caminho.

Nos últimos meses, estive mergulhada em cursos e palestras sobre psicologia na prática e fiquei abismada com a quantidade de estudos demonstrando o quanto nos equivocamos ao interpretar o que está sendo comunicado pela outra pessoa em nossas interações.

Para vocês terem uma ideia, em alguns estudos chegou-se a conclusão de que 93% das informações que captamos em nossas interações sociais vem da comunicação NÃO VERBAL, ou seja, da expressão facial, tom de voz, gestos, postura, jeito de se vestir e portar, entre outras coisas. Os 7% restantes vem do que comunicamos verbalmente, ou seja, com palavras.

Esse resultado poderia ser considerado ótimo, se levarmos em consideração que a comunicação não verbal é, muitas vezes, a que mais se aproxima da realidade e refletirá com maior precisão o que realmente está se passando com a outra pessoa, mesmo quando suas palavras não forem consistentes, ou estiverem comunicando inverdades.

O problema, no entanto, é que a maioria de nós se apega a detalhes pouco importantes do que está sendo comunicado, porque a gente simplesmente não está prestando atenção no que realmente importa!

Não que a linguagem corporal de uma pessoa SEMPRE dirá a verdade sobre ela. Não é isso. Em determinadas situações como, por exemplo, numa entrevista de emprego é possível que a pessoa fique tão nervosa a ponto de se expressar de uma forma completamente diferente do habitual e acabar sendo erroneamente julgada por isso.

Aliás, tem muuuuuitos estudos sobre a infinidade de equívocos que cometemos ao julgar alguém que acabamos de conhecer e também sobre a nossa enorme propensão a julgar a personalidade das pessoas que já conhecemos por algum comportamento isolado. Mas nesse caso nem precisaria de estudo para saber que, infelizmente, isso é o que mais acontece.

Mas esse não é o foco do artigo, então vamos ao que interessa.

Como enxergar as pessoas como elas são?

Na minha opinião, a forma mais segura de se fazer isso é, primeiramente, aprender a se enxergar como VOCÊ É.

Isso mesmo!

Você pode até fazer cursos e se tornar um expert em analisar a linguagem corporal das pessoas com quem interage, mas isso não vai te trazer o essencial para construir relações mais saudáveis baseadas na honestidade.

Isso, apenas uma CONEXÃO mais profunda te proporcionará.

O que acontece é que quando você NÃO se conhece de verdade, não sabe seus limites, não aceita suas imperfeições ou, pior ainda, não valoriza o que tem de melhor, você abre espaço para que pessoas completamente desarmonizadas com quem você é, entrem na sua vida e te causem sofrimento.

Não que a outra pessoa será a culpada pelo seu sofrimento, não me interprete mal. É a sua total desconexão consigo mesmo que te colocará em situações difíceis para que você enxergue quem é de verdade, em toda a sua luz e em toda a sua sombra.

Muito se fala hoje em dia sobre “integrar a nossa sombra” e, depois de passar por muitas situações desagradáveis, eu acho que finalmente entendi o que isso realmente significa.

Quando você aceita quem é, fica mais fácil aceitar as pessoas como elas são também. E a partir daí, você começa a ver tudo mais claramente, sem máscaras ou projeções.

A projeção pode acabar fazendo você enxergar uma pessoa não como ela é e sim como você GOSTARIA QUE ELA FOSSE ou, pior, em alguns casos você pode até estar projetando as suas sombras (aquela parte que você não aceita em si) nas outras pessoas, e isso pode te causar grandes sofrimentos.

Por isso, a mensagem mais importante que quero deixar é: para construirmos relações saudáveis precisamos estabelecer conexões profundas com as pessoas e isso só será possível quando você se conectar consigo mesmo.

Quando não estamos conectados com a nossa verdade, não conseguimos enxergar a verdade do outro.

Quando você acha que é alguém diferente do que é (auto-engano), você corre o risco de se relacionar com pessoas que também não sabem quem são e estão apenas projetando um monte de coisa em você.

Quando você se enxerga como verdadeiramente é, você sabe do que precisa, e nada diferente disso te iludirá mais.

Meu nome é Thais e escrever pra mim é prazeroso e libertador. É a minha forma de expressão predileta. Tenho escrito muito recentemente e não quero mais guardar os meus textos só pra mim, quero doá-los ao mundo e me entregar verdadeiramente. No meu blog, escrevo sobre dicas, sonhos e inspiração de viagens, mas gosto de escrever sobre tudo o que sinto e aprendo, principalmente sobre desenvolvimento pessoal e vida mais consciente. É uma forma de retribuir tudo o que tenho recebido de outras pessoas, que colocam o seu melhor no mundo e acabam por transformar e inspirar outros a fazerem o mesmo.

www.coachdeviagem.com

Veja comentários

Deixe uma resposta

Vá para cima