Lendo agora
Como criar o seu cantinho da meditação

Como criar o seu cantinho da meditação

Daniela Mattos

O número de adeptos à prática de Meditação cresce cada dia mais e quero compartilhar com você dicas para poder criar o seu cantinho da meditação. Mesmo tendo consciência que, infelizmente, a razão desse aumento é devido ao estresse criado pelo que estamos passando,  fico feliz de ver que, aos poucos, as pessoas estão entendendo que a paz que tanto buscamos na nossa vida vem de dentro de nós. 

Transformando o seu quarto em um cantinho de meditação

Primeiro, quero esclarecer que você pode até ter um quarto ou cantinho exclusivo para meditar, mas não é necessário. Não será ele que fará com que você pratique a meditação. Para transformar o seu quarto em um cantinho de meditação é essencial lembrar que o cantinho que você quer criar é tão importante quanto o seu quarto. 

É no seu quarto, na sua cama, que você descansa o seu templo, que é seu corpo. O seu corpo é sagrado, pois nele reside a sua alma. Então, quando você criar o cantinho da meditação, seja ele onde for, saiba que esse cantinho é tão importante quanto o seu quarto. Será nesse lugar especial que, aos poucos, toda vez que você for meditar, você ensinará à sua mente (ego) que é a hora de entrar em contato com a sua alma. Agora, antes de você começar a comprar itens para deixar o seu cantinho mais zen, lembre-se que limpeza e organização refletem na energia do lugar. Então menos, neste caso, é mais.

O que comprar?

Se você tivesse que comprar somente 1 item, eu compraria um zafu (almofadinha arredondada de meditação). Sentir-se confortável durante a meditação é importante. Por isso, também recomendo um zabuton (uma almofada japonesa que fica abaixo do zafu e deixa os tornozelos mais confortáveis) e um tapetinho de yoga (se você quiser praticar yoga antes para preparar a mente). 

Outro detalhe para ajudar no fluir da energia do seu cantinho é encontrar o lugar ideal. É legal também olhar o mapa Baguá do Feng Shui. Mas não se preocupe se não for possível seguir às recomendações. Adicionar cristais no cantinho também ajuda a aumentar a vibração e melhora a sua concentração durante a meditação. 

Por exemplo: o quartzo rosa promove vibrações de cura, principalmente para o chakra cardíaco. Já a ametista ajuda a expandir os chakras superiores (chakra da coroa e do terceiro olho). Outra ideia simples de implementar é usar roupa de cama de cores claras e de fibras naturais, como o algodão. Fibras naturais e outros elementos naturais dão suporte vibracional ao seu cantinho de meditação. 

Terra, Água, Fogo e Ar – mantendo o equilíbrio dos elementos

Algumas dicas simples para manter o equilíbrio entre os 4 elementos é abrir a janela do quarto diariamente e deixar ar fresco e a luz do sol entrar. Plantas também podem ajudar a manter o equilíbrio do elemento Terra, mas lembre-se de mantê-las saudáveis e vibrantes. 

Uma fonte de água pequeninha ou um difusor ajuda a manter o equilíbrio do elemento água, tanto do ambiente, quanto dentro de nós. O elemento água corresponde às nossas emoções. Manter o equilíbrio dentro da gente e fora ajuda a manter a mente em equilíbrio. Som no ambiente também é importante e fácil de implementar. Se você deixar um mantra tocando o tempo todo por 40 dias seguidos, irá elevar a vibração do seu cantinho (o mantra Ek Ong Kar é sempre uma ótima ideia). 

Tudo é energia. Absolutamente tudo! Quanto mais você eleva a energia do seu cantinho de meditação, melhor vai ser a sua experiência meditando. Mas, claro, não esqueça de periodicamente fazer uma limpeza energética também.

Como fazer uma limpeza energética?

Para limpar a energia mais densa que pode acumular com o tempo, você pode queimar sálvia enquanto você mentaliza a limpeza. Imagine tudo que é denso saindo do lugar, enquanto você queima a sálvia no ambiente. Se você não gosta de queimar sálvia, você pode também usar um difusor e utilizar o óleo essencial de sálvia.

Outra ideia é usar as lâmpadas de sal grosso do Himalaya. Essas pedras de sal absorvem energia negativa, de baixa vibração. Mas, se você não tem essas pedras grandes de sal, compre sal grosso natural (sem nenhuma aditivo) e ponha cada pedrinha nos cantos do quarto. Isso também terá o mesmo efeito. 

Agora que você já têm essas dicas, talvez você esteja se perguntando, será que devo ter um altar?

Altar – ter ou não ter?

Ter um altar é muito bom, mas eu pessoalmente não tenho. Tenho filhos pequenos, um cachorrinho e o meu cantinho de meditação também é usado de estúdio e escritório. Então, acho que ainda não é a hora. Mas se eu tivesse um altar, o meu seria assim, com cristais, plantas e um porta-retrato com a minha foto. Sim, a minha foto. 

Meditar é mergulhar dentro de você mesmo, dando oportunidade para você se conhecer de verdade, se aproximar da luz divina que existe dentro de si e relembrar quem você realmente é. A paz e tranquilidade que todos nós buscamos através da meditação irá chegar nas nossas vidas, quando nós nos tornarmos mais compassivos com nós mesmos. Quando nos amarmos da maneira que somos. A sua foto vai inspirar você a mergulhar dentro do seu ser, a se conhecer melhor e, aos poucos, se aceitar também.

Mergulhando fundo…

Conforme você vai criando o seu cantinho de meditação, você também vai aos poucos olhar cada vez mais dentro de você. Não esqueça de ser gentil com você mesmo. Você já tomou a decisão mais importante que é cultivar o hábito da meditação no seu dia a dia. Com o tempo, você vai criar um cantinho que é a sua cara e dará suporte na sua jornada interior. 

Espero que as ideias deste artigo ajude você a criar um cantinho de meditação para chamar de seu! 

Vá para cima