Lendo agora
BodyTalk repercute na alma

BodyTalk repercute na alma

Avatar

Por Nirvana Marinho*

Esse novo ensaio pretende continuar tornando transparente, como fundo de rio, a concepção de saúde do BodyTalk e como repercute sua abordagem terapêutica, tanto ao cliente como ao terapeuta. Repercussões que refletem a filosofia, a teoria e prática de um conhecimento que expande a consciência – “Eu sou” – e, com isso, permite assistir nossos conflitos desviarem as pedras deste rio, da forma mais fluida possível.

O BodyTalk tem princípios a partir dos quais surgem prioridades da Sabedoria Inata do corpo e, ao se vincularem numa fórmula a cada sessão, evidenciam qual questão está sendo focada para endereçar o mal-estar ou a queixa do cliente. Seja ela física, emocional, ou ainda, uma doença ou um momento de transição na vida, as sessões de BodyTalk desenham um caminho pelo qual o corpo busca o equilíbrio, aprende com as restrições postas e sugere um novo olhar diante das velhas crenças.

Sem necessariamente pautarmo-nos nas nossas escolhas, a unidade e interação com o propósito da vida emerge porque é reflexo desta Sabedoria Inata que habita cada um. Então, precisaríamos rever algumas destas velhas crenças a respeito da saúde (ou da doença, como muito da nossa existência por vezes se pauta):

Diagnóstico não é a única forma do corpo se expressar – o diagnóstico nos conta uma condição restritiva, uma doença na maioria das vezes, e nos etiqueta ou estigmatiza um estado de vida. O que seria uma abordagem terapêutica não baseada no diagnóstico?

É um modo de olhar o corpo, que não parte do que está errado, mas da crença que sustenta um desequilíbrio que, por sua vez, acaba definindo uma doença. Sim, as doenças parecem (mais) transitórias quando entendemos o motivo que a mantém, qual história ela quer contar, a quem ela se presta (a um pai abusivo, a uma infância reprimida, a uma ancestralidade marcada por uma perda, a um ambiente opressor). Se olharmos e dissociarmos essa crença, como o corpo se reestabelece?

Cura é um estado – a cura não é um resultado (necessariamente), um ápice. Se for entendido como um estado, também possivelmente provisório porque outras crenças vão se rearranjando, a sensação de equilíbrio pode ser um bem-estar com a vida, com o outro, consigo, sobretudo. Uma compreensão, silenciosa porque de alma no dia-a-dia, de como posso lidar com “isso” agora, sendo “isso” uma crença que me definiu por um tempo. Uma compreensão que o que me disseram que marcou minha visão de mundo pode não me servir mais e sou capaz de agradecer e deixar de me identificar com “isso”. Como seria “eu” sem tantas crenças das quais não conheço ainda? Qual sensação de paz eu poderia experimentar? Como lidaria, com essa paz, com as novas, constantes e naturais questões da vida – fases, problemas, restrições?

Auto-conhecimento é uma prática de saúde – normalmente as jornadas de auto-conhecimento entram em nossas vidas quando nos vemos diante de um problema que não sabemos resolver, ou de um dilema, uma separação, uma morte, uma perda. Mas e se auto-conhecimento fosse uma prática constante, fosse algo que fizesse parte da minha vida diária, um olhar atento a mim mesmo sobretudo se eu pudesse conhecer melhor como meu corpo-mente funciona: meus pensamentos, meus padrões, minhas crenças (sempre estas, ali), meu coração (sim, ele, a sabedoria que habita no centro do corpo), o ventre (sim, este, potente na sua voz firme na vida). Como seria? Menos um esforço, mais uma natureza, um jeito de entender o viver.

BodyTalk é uma possibilidade para vivenciar a si mesmo na compreensão que equilíbrio e desequilíbrio são estados, provisórios; que saúde é um estado de paz da mente e do espírito, e não somente os exames que vão bem e as dores que cessam e, portanto, o viver se torna uma curiosidade, um olhar atento, de preferência com “uma mente quieta e um coração tranquilo”.

Conheça o BodyTalk escolhendo seu terapeuta pelo link oficial da IBA – Associação Internacional de BodyTalk.

www.bodytalksystem.com

*Nirvana Marinho (CBP, Certified BodyTalk Practitioner (CBP), Terapeuta certificada IBA International BodyTalk Association)

Para falar comigo envie um whatsapp para (11) 97672-8460
ou e-mail: [email protected]
https://www.facebook.com/nirvana.bodytalk/

“Em breve, no Nowmastê a sequência de ensaios “BodyTalk &” aborda as relações que a abordagem tem com o movimento corporal, a Medicina Tradicional Chinesa, os Chakras, com uma visão complexa e relacional do corpo-mente.”

Vá para cima