AYURVEDA – O Conhecimento da Vida

Por Jacquelinne Bivigin Fernandes*

A prática da medicina ocidental hoje

Ao contrário do que se pensava há alguns séculos, o desenvolvimento, a expansão e o uso contínuo da ciência e da tecnologia aliados ao alto investimento em pesquisa e desenvolvimento pelas empresas, valorização de suas respectivas ações no mercado financeiro e bem sucedidas campanhas de marketing (que “criam a necessidade” de determinado serviço ou produto), não trouxeram qualidade de vida à humanidade.

medicinatradicional

Paralelamente a isso, também percebo que:

– A Medicina Ocidental não contempla um tratamento holístico e não ajuda as pessoas a lidarem melhor com sentimentos perturbadores como ansiedade, depressão, pessimismo, solidão, etc.;

– A toxidade dessas emoções (quando crônicas) causam outras doenças;

– Muitos pacientes poderiam se beneficiar caso suas necessidades psicológicas fossem cuidadas juntamente com suas necessidades médicas;

– A assistência emocional é negligenciada na maneira como se pratica a Medicina Ocidental, hoje, e com raríssimas exceções é um verdadeiro ponto cego para a maioria dos médicos ocidentais;

– Há vários os indícios que apoiam a ligação entre as emoções e o sistema imunológico.

Diante do exposto acima, estou certa de que a medicina Ayurveda tem espaço e a possibilidade de crescimento no mundo ocidental atual, que é dominado pela tecnologia, mas está carente de valores, emoções e tratamentos humanizados.

Sendo assim, sugiro adotarmos o Ayurveda como uma nova forma de tratamento preventivo, a fim de obtermos o equilíbrio das funções fisiológicas e psicológicas, evitando a manifestação de doenças no corpo físico.

A medicina Ayurveda

A palavra Ayurveda, em sânscrito, é formada por duas partes: ayus = vida; e veda = conhecimento, sabedoria.

Ayurveda é uma medicina empírico-racional, produzida por sábios e médicos ayurvedistas (vaidyas) da Índia antiga, que se desenvolveu através da experiência clínica, da observação do homem e da natureza, há mais de cinco mil anos.

medicinaayurveda

Acredita-se que seja a mais antiga de todas as formas de medicina conhecidas até hoje.

Logo, podemos dizer que o Ayurveda é um sistema de cura tradicional e milenar e que possui centenas de anos de evolução na Índia.

O conhecimento Ayurveda visa promover o equilíbrio, a vitalidade e longevidade ao ser humano através da harmonização de suas quatro dimensões: corpo físico (sharira), órgãos dos sentidos (indryias), mente (manas) e alma (atma), tendo como base a integração do homem à natureza e a utilização de métodos naturais como a alimentação, uso de ervas medicinais, óleos medicinais, medicamentos a base de metais, minerais e pedras preciosas (rasa shastra), massoterapia, oleação e sudação (purvakarma), hábitos diários e sazonais, terapias purificadoras (panchakarma), atividade física, meditação e yoga.

Para se compreender o conhecimento milenar Ayurveda bem como obter saúde e bem-estar através de seus tratamentos e terapias, é importante conhecermos seus princípios básicos abaixo, os quais detalharei ao longo das próximas publicações:

1) A Teoria dos 5 Elementos da Natureza – PANCHA MAHA BHUTAS

2) O Conceito dos 3 humores corporais – DOSHAS VATA, PITTA e KAPHA è descubra qual é o seu!

a) Constituição Individual, recebida dos pais na concepção – PRAKRITI

b) Condição atual dos Doshas (desequilíbrio vigente devido aos hábitos e influências externas) – VIKRUTI è descubra sua condição atual e como re-equilibrar-se!

c) Os Doshas Mentais – revelam o nosso estado espiritual e nossa tendência às alterações psico-emocionais  è investigue!

3) O Fogo Corporal – AGNI

4) Produção de Toxinas e o Processo Digestivo

5) Os 7 Tecidos – DHATUS

6) OJAS

O Ayurveda promove um estado de saúde e vitalidade com total envolvimento do paciente, onde o mesmo, ao tomar conhecimento de seu potencial de cura e equilíbrio, passa a ser um fator determinante de sua própria felicidade e bem-estar.

Namastê,

jacquelineayurveda2

Jacquelinne

Clique aqui e saiba como o Ayurveda transformou a vida de Jacqueline.

2 Comentários

  1. Bom dia Jacque,

    Seu artigo despertou ainda mais meu interesse sobre essa prática sagrada.
    Não existe uma cura eficiente se a mente não está em equilíbrio e harmonizada. Devemos sentir mais, e nos preocupar menos.
    Com certeza, seguirei seu posts!
    Parabéns por sua coragem em seguir adiante.

    Namastê

  2. Jacquelinne Bivigin Fernandes diz:

    Marcella,
    Gratidão por suas palavras de incentivo.
    Será um prazer ter você acompanhando e comentando os próximos posts.
    Namastê.

Deixe uma resposta

Por uma vida mais consciente

Você quer receber as novidades e promoções do Nowmastê no seu e-mail?