Lendo agora
Auto-boicote e auto-sabotagem: você precisa parar com isso!

Auto-boicote e auto-sabotagem: você precisa parar com isso!

Alana Trauczynski

Por Alana Trauczynski*

Já escrevi um texto todo especial para os loucos. Se você é meio pinel e ainda na leu, clique aqui. Hoje eu quero falar com os losers, os perdedores, fracassados, aqueles que estão patinando nas escadas do sucesso (pra não dizer despencando!), os que sofrem bullying nas palestras dos bem-sucedidos e nem ousam levantar a mão para contar sua história, aqueles que têm vergonha de acordar pela manhã e existir, porque deram muito, mas muito “errado” nessa vida.

PRR-23

Tenho umas palavrinhas de conforto pra você: a única coisa que sofre aí dentro é o seu ego! Existe um lugar dentro de você muito além desta balela, onde você é um ser perfeito, maravilhoso, esplendoroso, criativo, único, criado a imagem e semelhança do melhor coach do universo! Se você entrar em contato com esta parte, acessível a qualquer dia e horário, você pode botar no bolso o palhaço que vier desenrolar a próxima listinha de “x” maneiras infalíveis para se tornar a Angelina Jolie em 30 dias ou os “n” passos para conquistar em 5 minutos uma vida que geral demora pacas. Eu entendo a sua frustração. Como já dizia Krishnamurti, não é sinal de saúde estar bem ajustado a uma sociedade profundamente doente. Mas também não é sinal de saúde ficar aí odiando a vida e secretamente invejando todo mundo que você critica. De um lado aqueles que estão cada vez melhor, a mil por hora, sempre contando sobre suas novas peripécias. Do outro lado, você, que consome tudo o que eles pregam… lê, lê, faz tudo exatamente como dizem, segue os passos a risca e…

…continua na merda!

Estou lhe dando a mão. Já estive aí e ainda revisito às vezes este local inóspito (nada na vida é constante!). E é através das minhas próprias dores que cheguei a um insight que realmente pode lhe ajudar: a busca pelo sucesso, pela felicidade, pela abundância ou por um trabalho com propósito NÃO É UMA LUTA. É muito mais um processo de aceitação, observação, análise sem julgamento e contato com o seu ser essencial, aquele que eu mencionei lá em cima, que está muito além do seu ego fracassado. É um alinhamento com a vibração certa, que atrai as coisas certas. Mas você só consegue mudar a frequência da vibração quando realmente convidar e sentir plenamente todos estes sentimentos contra os quais você desesperadamente tenta lutar inutilmente. Fica aqui uma grande dica: enquanto você estiver lutando, eles estarão te boicotando!

I_am_a_loser_by_animaster737-300x218Então eu queria propor um approach diferente, uma nova forma de pensar o assunto, um exercício que verdadeiramente possa lhe trazer paz: que tal fazer as pazes com o perdedor que existe em você?

Vou propor um chá da tarde imaginário no melhor estilo Alice No País Das Maravilhas. Você é o chapeleiro maluco e os convidados são todos estes monstros que estão lhe assombrando: o medo do fracasso, a raiva do sucesso, a escassez, a revolta, a fúria, a inveja e todos os outros pancadões que vierem à sua cabeça. Você vai convidá-los a entrar, sentar-se a mesa com eles e encarar um por um bem firme nos olhos, escutando o que têm a dizer até que o diálogo se esgote, para então partir para o próximo. Veja todos como guias do além, enviados pelo master coach mais irado, para lhe mostrar e ensinar umas coisinhas. Quando você escutar e aprender, eles podem ir embora!

Quando você estiver totalmente em paz com o fato de ser um fracassado e ver que sentir isso plenamente nem é tão ruim assim, quem sabe você pode abrir espaço para outra coisa? Só assim estes sentimentos podem te abraçar, sentir a tua paz e finalmente partir deste longo chá. Eles nem querem estar aí, é você que os está mantendo aprisionados e sem a devida atenção. Ser fracassado agora não quer dizer que será sempre assim. Muito pelo contrário! As empresas mais TOP do mundo hoje em dia estão contratando pessoas com base no seu número de fracassos, não de sucessos. É o fracasso que traz as experiências mais ricas. Só quem já se sentiu assim pode ajudar verdadeiramente os outros, só quem já passou por isso pode sentir compaixão. Quem fracassa adquire experiência, jogo de cintura, aprende a prever resultados, não lida com suposições!

Em um mundo mais sutil, não existem perdedores, somente seres perfeitos. No seu mundo agora, se você se identificou com tudo isso, só existe um erro de percepção. Está na hora de você se observar e se responsabilizar por sua própria vida. Está na hora de você redefinir o seu conceito de sucesso e criar suas próprias regras. Está na hora de você entrar em contato com a sua perfeição e glória. Está na hora de você se dar bem neste mundo, mesmo que não pertença a este mundo, e seja lá o que “se dar bem” queira dizer pra você. Então hoje eu queria tomar meu tempo para dar parabéns por todos os seus fracassos! Boto fé em você ainda mais agora!!! Definitivamente não é se sentindo um perdedor que o seu melhor virá à tona. E, desculpe a insistência, eu quero o seu melhor. Eu quero o tesouro por trás do guardião fracassado! Eu quero que você pare de se boicotar e se torne aquilo que você já sabe que É!

ALANA

*Alana Trauczynski é nômade digital, autora do livro “Recalculando a rota: uma louca jornada em busca de propósito” e criadora do Programa Recalculando a Rota, um curso online de autoconhecimento e mudança de mindset para pessoas que querem recalcular a rota de suas vidas para um futuro mais brilhante e fluido. Para conhecer melhor seu conteúdo, curta sua página no facebook.

Veja comentários (3)

Deixe uma resposta

Vá para cima