Lendo agora
Asanas para o bem – guia de posturas de Yoga – Urdvamukha Svanasana

Asanas para o bem – guia de posturas de Yoga – Urdvamukha Svanasana

Sandro Bosco

“Lembre-se que não pode existir saúde sem doença nem doença sem saúde. Reconhecer esse par de opostos dançando como uma oscilação da sua energia vital já é um caminho. A prática regular dos yogasanas (posturas) pode te ajudar nessa compreensão, que deve se dar não pela sua racionalidade, mas pelo seu próprio corpo.” Sandro Bosco

O guia Asanas para o bem é uma colaboração do professor Sandro Bosco para o Nowmastê. Ele está sendo formado com muito carinho asana por asana e é um verdadeiro presente para todos nós que estamos nesse caminho do Yoga e queremos que a nossa prática seja cada vez mais profunda e delicada. Esperamos que você curta. ;-)

Urdvamukha Svanasana,

– A posição do cão com o rosto para cima é uma ótima solução se você está com pouco tempo para praticar hoje. Saiba que esse asana e o seu companheiro mais próximo, Adho Mukha Svanasana (posição do cão com o rosto para baixo), são dois asanas para estimular você física e mentalmente, ativando a circulação da energia por todo o corpo, porque nele acionamos bem as pernas e braços, nossas principais ferramentas de locomoção.

Observe quantas vezes por dia o seu pet – cão ou gato – faz algo semelhante com o corpo e assim se mantém flexível, forte e saudável.

Estamos acostumados a sentir as partes do corpo uma de cada vez ao praticar yoga isso se repete. Por exemplo, se estamos de pé prestando atenção no pé, quando erguemos e esticamos o braço para o alto esquecemos de sentir o pé e passamos a atenção ao braço. Em várias posturas do yoga ensino, à aluna e ao aluno, a perceberem ao mesmo tempo seus pés e mãos, e depois suas pernas e braços, e depois suas mãos e braços, pés e pernas e nessa soma a consciência corporal expande, é quando o yoga torna-se meditação! Mas esse caminho só aparece porque oriento o que fazer com cada uma dessas partes, como uma orquestra com vários instrumentos tocando uma só música. Cada yogasana é uma música, e cada parte do corpo é como um instrumento musical, e com todas essas partes ativas ao mesmo tempo uma nova melodia surge. Por esse caminho interno de percepções e ações, o cérebro, que habita em todo o seu corpo, liga, através do sistema nervoso, o hemisfério superior com o hemisfério inferior do seu corpo.

Quando isso ocorre, mesmo que por segundos, ocorre uma união de consciência dentro do corpo e essa união é chamada Yoga!

Quando você parte para a ação, isso tudo deixa de ser apenas mera descrição e teoria e a “posição do cão com o rosto para cima”  toma forma em você mesmo!

No entanto, ela requer uma noção de alinhamento para que possa continuar a trazer saúde por sua vida afora. Ao praticá-la mantenha os braços na posição vertical ou levemente inclinados na direção dos pés. Empurre o chão com as mãos todo o tempo e, mantendo os ombros bem para trás e para baixo, empurre o centro do peito para frente expandindo-o ao mesmo tempo para cima. Não deixe nem um segundo de esticar bem os joelhos, mantendo os calcanhares paralelos e puxe com determinação a pele da região púbica na direção do umbigo. Ao ler essa descrição tudo isso pode parecer muita coisa porque, como eu disse acima, já existe um condicionamento mental em todos nós para sentir e perceber cada ação física de uma vez. Mas lembre-se que o yoga não está aqui para alimentar os seus condicionamentos e hábitos repetitivos mas, ao contrário disso, está aqui para ampliar suas fronteiras de percepção e ação e leva-lo muito além de tudo que você já experimentou antes.

Ao começar cada asana lembre-se que você está como um explorador de mares ou cavernas lançando-se ao desconhecido. Yoga é avançar para esse universo desconhecido, perceber seus limites físicos e mentais e aprender a expandi-los mais e mais.

Yoga é ação!

+ sobre o professor Sandro Bosco? Entra aqui, Instagram aqui e Youtube aqui.
Siga Asanas para o Bem no Instagram com #guiadeposturas 
Veja comentários

Deixe uma resposta

Vá para cima