Lendo agora
Asanas para o bem – guia de posturas de Yoga – Sarvangasana

Asanas para o bem – guia de posturas de Yoga – Sarvangasana

Sandro Bosco

“Lembre-se que não pode existir saúde sem doença nem doença sem saúde. Reconhecer esse par de opostos dançando como uma oscilação da sua energia vital já é um caminho. A prática regular dos yogasanas (posturas) pode te ajudar nessa compreensão, que deve se dar não pela sua racionalidade, mas pelo seu próprio corpo.” Sandro Bosco

O guia Asanas para o bem é uma colaboração do professor Sandro Bosco para o Nowmastê. Ele está sendo formado com muito carinho asana por asana e é um verdadeiro presente para todos nós que estamos nesse caminho do Yoga e queremos que a nossa prática seja cada vez mais profunda e delicada. Esperamos que você curta. ;-)

Sarvangasana,

– É conhecida como uma das posturas mais importantes do yoga. Para que se adquira os muitos benefícios que ela pode trazer de maneira constante, requer uma prática regular.

Sarvangasana significa “postura de todas as partes (do corpo)” e por isso ela é bem completa.

Quando jovem, logo que aprendi a praticar yoga, pensava que “todas as partes do corpo” se referia a pernas, braços e coluna vertebral, mas ao estudar e praticar mais, compreendi que se refere mais à todos os sistemas internos do corpo. Sabe-se que os sistemas como: digestivo, nervoso, imunológico, hormonal e cardiovascular “conversam” melhor entre si pela prática do Sarvangasana.

É também conhecido como “mãe dos asanas” porque nutre o organismo como um todo, assim como uma mãe nutre o bebê. Para executa-lo com segurança precisamos, assim como no tadasana (postura da montanha), manter pernas, coxas e pés com as musculaturas bem firmes e ativas, mas nesse caso, na direção para cima. Essa ação dos braços e mãos vai tornar a postura mais leve no seu apoio do pescoço, que é o lugar mais delicado e que deve ser cuidado – deve-se evitar a torção do pescoço. A posição das mãos e dos braços e o apoio do cobertor fazem com que as vértebras cervicais recebam menos peso e evitem excesso de retificação, que na permanência poderia ser danosa. Devem evitar essa postura os praticantes que sofrem de glaucoma, pressão alta, problemas mais graves relacionados aos olhos e ouvidos assim como as mulheres durante todo o período menstrual.

+ sobre o professor Sandro Bosco? Entra aqui, Instagram aqui e Youtube aqui.
Siga Asanas para o Bem no Instagram com #guiadeposturas 
Vá para cima