Asanas para o bem – Guia de posturas de Yoga – Paripurna Navasana

“Lembre-se que não pode existir saúde sem doença nem doença sem saúde. Reconhecer esse par de opostos dançando como uma oscilação da sua energia vital já é um caminho. A prática regular dos yogasanas (posturas) pode te ajudar nessa compreensão, que deve se dar não pela sua racionalidade, mas pelo seu próprio corpo.” Sandro Bosco

O guia Asanas para o bem é uma colaboração do professor Sandro Bosco para o Nowmastê. Ele está sendo formado com muito carinho asana por asana e é um verdadeiro presente para todos nós que estamos nesse caminho do Yoga e queremos que a nossa prática seja cada vez mais profunda e delicada. Esperamos que você curta. ;-)

Paripurna Navasana

Sempre precisei dos asanas do Hatha Yoga e da meditação para ser feliz. Essas práticas organizam a energia da minha mente e do meu corpo. Desde lá atrás no tempo, vivi essa feliz necessidade.

E ela tem a ver com o estado interior entre dualidade e unidade. Na dualidade habita a dúvida, a incerteza, a hesitação, a confusão. Na unidade para mim habita a paz interior, a satisfação, a felicidade espontânea.

Sempre que o relaxamento da mente no yoga aparece, a dualidade desaparece. Mas o que significa a dualidade desaparecer e para que serve isso?

Para mim, a dualidade desaparecer, mesmo que por minutos, me traz calma e isso é diretamente bom para a saúde. Também significa ter a mente livre de pensamentos e com isso ser abandonado pelo sofrimento, esquecer de sofrer pelos desejos não satisfeitos.

Mas se para você, perceber-se livre dos pensamentos, é um lugar distante e difícil de imaginar, afirmo que não é preciso ir tão longe, porque aqui pertinho de você há um lugar de liberdade sem dualidade.

Onde?

Quando você se concentra no corpo pelo asana e isso te leva mais profundamente para dentro de si, logo os pensamentos se aquietam e isso gera uma liberdade profunda (mesmo que por segundos). É preciso saber que isso ocorre e lembrar sempre que vai ocorrer quando você praticar. O esforço de alinhar o corpo físico e permanecer no asana, sentindo-o, liberta você dos pensamentos. Quanto mais você treina e fica bom nisso, mais momentos dessa liberdade sentirá e mais longos eles serão.

São férias dos pensamentos!

Quantas vezes você já saiu de férias e os pensamentos que te aborrecem foram juntos?

O asana pode e deve trazer férias instantâneas dos pensamentos.
No navasana o esforço é imediato e, com isso, ele chama o tônus para permanecer ali, não dá para ficar nesse asana distraidamente, o que é ótimo! A atenção se afasta dos pensamentos e foca no corpo.

Paripurna, em sânscrito, significa inteiro, completo. Nava, barco (com remos) e asana quer dizer postura.

Nele o abdômen é fortalecido e isso realoja os órgãos da região abdominal. Por fortalecer a musculatura abdominal a coluna lombar é favorecida e ganha firmeza. Ao fazê-lo vamos sentir também o tônus da musculatura das coxas (quadríceps) sendo fortalecida.

Há dois tipos de navasana, esse da foto, o paripurna, e o ardha navasana (ardha significa meio ou metade) que, apesar de ser pela metade, para muitos é mais difícil. No ardha navanasna a posição das pernas é em 30º em relação ao chão e no paripurna navasana 60º. Quando você consegue fazer essa postura é sinal que as costas estão fortalecidas. As costas firmes são excelentes porque, a medida que a idade avança, elas enfraquecem e também para a gestação feminina é primordial que elas resistam firmemente.

Boa prática!

+ sobre o professor Sandro Bosco? Entra aqui, Instagram aqui e Youtube aqui.
Siga Asanas para o Bem no Instagram com #guiadeposturas 

Deixe uma resposta

Por uma vida mais consciente

Você quer receber as novidades e promoções do Nowmastê no seu e-mail?