Asanas para o bem – guia de posturas de Yoga – Parighasana

“Lembre-se que não pode existir saúde sem doença nem doença sem saúde. Reconhecer esse par de opostos dançando como uma oscilação da sua energia vital já é um caminho. A prática regular dos yogasanas (posturas) pode te ajudar nessa compreensão, que deve se dar não pela sua racionalidade, mas pelo seu próprio corpo.” Sandro Bosco

O guia Asanas para o bem é uma colaboração do professor Sandro Bosco para o Nowmastê. Ele está sendo formado com muito carinho asana por asana e é um verdadeiro presente para todos nós que estamos nesse caminho do Yoga e queremos que a nossa prática seja cada vez mais profunda e delicada. Esperamos que você curta. ;-)

Parighasana

– Como costumo dizer, algumas posturas são portas de entrada ou de saída para outras. E respeitar essa relação é trilhar por caminhos mais seguros. Os caminhos mais seguros estão no fato dessas posturas protegerem articulações do corpo, abrindo-as em cadeia, tanto na ida quanto na volta de um asana. Mas, conhecer essas relações, demanda tempo de prática? Sim, claro, como tudo o mais na vida.

Conhecer essa relação não é um processo intuitivo. Pode até vir a ser, mas exige novamente tempo de prática. Enquanto essa intuição ou percepção aguçada não chega, não há nada que um professor experiente não possa lhe orientar melhor sobre a relação entre as posturas. Nos cursos de formação para professores, costumo ensinar aos alunos a lógica de uma sequência de posturas e como construí-las de maneira que habilite não só o corpo, mas também prepare a mente para a próxima postura. Posturas de Hatha Yoga com alinhamento têm a leveza de uma obra de arte viva e ao mesmo tempo têm a solidez da construção civil. Assim como nela começamos pela fundação da casa para depois erguer as paredes, no yoga começamos pelos pés ou por cada apoio no chão para depois crescer a coluna e o corpo.

Parighasana é composto de duas palavras, asana que quer dizer postura e parigha é como uma cancela na passagem de uma rua ou caminho ou, se preferir, podemos traduzir como a trava de um portão.

Cada vez que você a executa, deve perceber um intenso alongamento lateral do tronco, que envolve a região pélvica e, em contraposição, há uma saudável flexão no lado oposto. Você vai sentir uma espécie de amassamento na cintura, o que é muito bom e a mantém em forma.

Pela ação e posição das pernas, que promovem uma abertura pélvica e pelo alongamento lateral do tronco, Parighasana é uma boa antessala para entramos depois nas posturas de pé, como Utthita Trikonasana e Utthita Parsva Konasana.

Boas práticas!

+ sobre o professor Sandro Bosco? Entra aqui, Instagram aqui e Youtube aqui.
Siga Asanas para o Bem no Instagram com #guiadeposturas 

Deixe uma resposta

Por uma vida mais consciente

Você quer receber as novidades e promoções do Nowmastê no seu e-mail?