Lendo agora
Amor na nova era

Amor na nova era

Nowmastê
Por Adriana Calabró* Reblogamos aqui no Nowmastê uma matéria que oferece ao internauta, gratuitamente, 166 filmes para expandir a consciência (veja o post). Entre os assuntos, estão espiritualidade, ideologia política, direitos civis e muitos outros.  Alguns títulos eu já tinha visto, caso do Zeitgest, outros, já estão na minha lista de espera. Mas nessa véspera de feriado, friozinho de inverno chegando, resolvi assistir  Love, Reality and the Time of Transition**.

filme1

Minhas impressões? Bem, já advirto aos que esperam um discurso do tipo “paz e amor”, que esse não é o filme! Os conceitos abordados ali são bem mais questionadores e o Amor, assim com A maiúsculo, é tratado como algo que se aproxima muito mais do esclarecimento, do autocentramento, do equilíbrio emocional individual do que do amor romântico, das epifanias espirituais ou de idealizações de amor universal.

O filme abre a discussão sobre a visão simplificadora do amor e critica a atitude de negação em relação à imensa sombra que ainda paira sobre o mundo (o que inclui as guerras, as imposições econômicas, as armações políticas). De acordo com os idealizadores do filme, a “visão quântica” de que podemos transformar a realidade, deve ser analisada com mais profundidade. Ou seja, os candidatos a mudar o mundo devem antes conhecer muito bem seus limites, suas sombras e seus condicionamentos para, a partir de um alinhamento com o que é real, poder agir externamente. Devem ainda perceber a realidade à sua volta, sem escapismos ou desculpas para que uma transição para a nova era de fato aconteça.

Enfim, é um filme do tipo desafiador que nos tira da zona de conforto e nos leva à reflexão e ao aprofundamento dos conceitos. Só por isso, já vale a pena ser visto.

 

* Adriana Calabró é escritora, jornalista e editora do Nowmastê

** É o número 4 da lista e, infelizmente, não é legendado.

Veja comentários

Deixe uma resposta

Vá para cima