Lendo agora
Alemanha inaugura seu primeiro mercado sem embalagens

Alemanha inaugura seu primeiro mercado sem embalagens

Nowmastê

supermercado-alemanha-sem-embalagem-foto-1

Após um dia de compras em um supermercado tradicional em Berlim, as amigas Sara Wolf e Milena Glimbovski se sentiram incomodadas. A imensa quantidade de embalagens usadas desnecessariamente fez surgir uma ideia promissora: criar um supermercado onde nada é embalado.

Deu certo. As sócias inauguraram recentemente a primeira unidade do “Original Unverpackt”, um lugar em que os clientes podem escolher produtos a granel, de acordo com a sua necessidade e sem a utilização de embalagens descartáveis.

Original Unverpackt_katharinaMassmann_Foto1

No local, cada um pode levar suas próprias garrafas, sacolas retornáveis, cestos, bolsas ou qualquer recipiente que deseje utilizar para armazenar suas compras. O supermercado também vende opções de embalagens retornáveis para os clientes despreparados.

 mercado-a-granel-sem-embalagem

Além de reduzir imensamente a quantidade de resíduos plásticos, uma loja neste formato também acaba por diminuir a quantidade de desperdício de comida. É comum que em supermercados tradicionais frutas e legumes sejam comercializados em embalagens fechadas com mais de uma unidade. Nem sempre o cliente realmente necessita de tudo aquilo e parte do alimento é jogada no lixo.

 original-unverpacked-alemanha-berlim

As sócias explicam que quem fizer comprar no Original Unverpackt poderá adquirir ervilhas, óleo, farinha, sabonete, macarrão, frutas, legumes e muito mais na quantia exata desejada. Segundo elas, o conceito por trás disso está diretamente ligado ao “reduzir” dos 3 R’s, que deve sempre preceder a reciclagem. Melhor do que reaproveitar algo já fabricado é nem precisar utilizá-lo.

mercado-sem-embalagem-na-alemanha-a-granel
As sócias transformaram seu modelo de negócio em uma franquia. O objetivo é disseminar o supermercado sem embalagem em outras cidades da Alemanha.
Gostou? Veja aqui que na França também tem um rede de supermercado como essa.
Veja comentários

Deixe uma resposta

Vá para cima