90 segundos de emoção e o benefício da escolha!

Por Brunno Colpo*

Brunno Colpo

Você sabia que as suas emoções têm uma vida útil de apenas 90 segundos? Isso talvez seja menos do que levantar pra ir beber água. E sem dúvida menos tempo do que você leva pra cortar as unhas…

Estamos no meio de uma mudança de era, num período de muitos afazeres: Compras, trabalho, cozinhar, limpar, estudar, mais compras, família, amigos, alimentar o cachorro, reuniões e etc. Nos entupimos de responsabilidades pelo mundo afora e esquecemos da nossa responsabilidade mundo a dentro. Aquele mundo dentro de nós! Aquele mundo subjetivo e muitas vezes até invisível… o das emoções, das intenções, dos pensamentos e dos sentimentos.  Raiva, frustração, ansiedade e tantas outras emoções que nem sabemos ao certo porque sentimos.

Há quem faça cursos de Stress Management… E aí me pergunto: Por que gerenciar algo que não é benéfico e que nem precisaria estar sendo vivenciado pra começo de história?!

O fato é que precisamos entender melhor como lidar com as nossas próprias emoções. E eu particularmente, gosto de abordar estes temas de uma forma holística. Ou seja, com estudos e pesquisas científicas trazendo um ponto de vista pragmático, mas também com um viés metafísico, agregando um ponto de vista espiritual. Afinal estamos falando de algo um tanto quanto misterioso que não vemos ou tocamos, apenas sentimos.

Então, como é que você pode entender melhor este sistema das emoções?

Primeiro de tudo:

Reconheça que você é o Co-criador das suas próprias emoções!

Bom, muitas vezes não admitimos, mas somos responsáveis por co-criar as nossas próprias emoções a todo momento. A ciência nos mostra isso com mais detalhes. Cada pensamento que pensamos provoca uma reação química e esta reação química provoca uma resposta física. Quer ver um exemplo?

Aquela hora em que você está com muita fome e pensa na sua comida favorita e logo em seguida começa a salivar. (Clássico né?) Então, reconhecer que é você que está co-criando essa experiência Fome-Pensamento-Saliva é o primeiro passo para entender melhor como o teu sistema funciona – já que o mesmo acontece quando experimentamos qualquer tipo de emoção.

Permita que a emoção exista!

Ouvi pela primeira vez sobre os 90 segundos das emoções através da Pema Chödrön, quando ela explicou que “se você permitir que uma emoção exista durante 90 segundos sem julgá-la, ela desaparece.” Chödrön descreve esse sentimento como “Gancho”, e é validado pelos estudos da pesquisadora e Neuroanatomista Jill Bolte Taylor, que explica este funcionamento no TED Talk – My stroke of Insight que você pode assistir aqui.

Se estamos conscientes de que as emoções demoram em média 90 segundos para se manifestarem através dos nossos sistemas, podemos simplesmente permitir que estas emoções passem naturalmente. Mas se você optar por lutar contra a emoção, esta intenção vai enfatizar ainda mais a emoção. Isso significa que, em seguida, você terá que lutar de novo e de novo, e isso tira você do banco do motorista – a emoção agora é que tem o comando e te controla.

A escolha é sempre sua: respire and choose wisely!

“…Todas as emoções duram em média 90 segundos…”, Taylor explica. Então, se alguma coisa continua depois disso é porque nós adicionamos nossa própria história e escolhemos segurar esta emoção. Por isso, no caso de emoções negativas, quanto mais repetimos uma das nossas velhas histórias de dor e sofrimento, ou colocamos ênfase em narrativas que nos vitimizam, mais nós continuamos presos neste ciclo vicioso e assim tornamos nossa vida emocional cada vez mais difícil de lidar.

A chave aqui é entender que o cortisol (substância química) que é liberado em nosso corpo permanece nele por apenas 90 segundos. E que se continuarmos a experimentar fortes emoções além dos 90 segundos, isto é um resultado da nossa própria escolha. Ou seja, você não pode controlar a reação química, mas pode escolher o que acontece em seguida.

É como o nosso amigo Charles R. Swindoll disse:

“A vida é 10% o que acontece com você e 90% como você reage a ela.”

Então, preste atenção no que você está pensando e decida se esses são os pensamentos que criam o tipo de emoção (e vida) que você quer viver. Se não forem, mude seus pensamentos e as suas emoções.

Somente você pode fazer isto!

“Se você não está se Autoconhecendo, você está se Auto-enganando.”

Brunno Colpo*Brunno Colpo é Coach de Transformação Pessoal & Inteligência Emocional, empreendedor e Nômade Digital.

Sou um explorador, amante da natureza e um apaixonado por Artes Marciais e Meditação. Atuo como Coach de Transformação Pessoal e Inteligência Emocional e sou criador do Awe Waken Project – Programa de Autoconhecimento para pessoas que desejam se desenvolver nos âmbitos Emocional, Cognitivo, Energético e Espiritual na busca de uma vida mais plena e consciente.

“Como um eterno curioso, aprendi que as repostas saciam a nossa necessidade de conhecimento, mas é através da qualidade das nossas perguntas que nos tornamos mais sábios e passamos a enxergar aquilo que antes não era possível ver.”

Sou também outras coisas que ainda estou descobrindo. E nesse caminho do Autoconhecer, acompanho e ajudo outras pessoas a lapidarem suas perguntas.

Email – [email protected] :: Website – http://www.brunnocolpo.com/ :: Facebook – Brunno Colpo :: LinkedIn :: Instagram

2 Comentários

  1. Brunno,

    Gostei muito do seu post.
    Eu não imaginava que as emoções duram apenas 90 segundos se apenas as observarmos. Muitas vezes as coisas mais simples são as que trazem melhores resultados, e esse post foi um verdadeiro achado para mim. Pena que não o vi antes…

    “Se você não está se Autoconhecendo, você está se Auto-enganando.”
    Perfeito!

    Abraços,

Deixe uma resposta

Por uma vida mais consciente

Você quer receber as novidades e promoções do Nowmastê no seu e-mail?